Fotos

5 erros que devem ser evitados ao negociar seu salário

Negociar o salário pode ser uma tarefa bem difícil, principalmente, quando você está concorrendo a uma vaga e acabou de ingressar no mercado de trabalho. Nestes momentos, principalmente, é fácil cometer erros e perder uma grande oportunidade.

VEJA TAMBÉM:5 motivos pelos quais você quase é chamado para entrevistas mas não é

Para se sair bem em uma negociação, é fundamental evitar equívocos recorrentes, por exemplo, deixar que o seu de custo de vida interfira na negociação com a empresa.

SAIBA MAIS: Saber contar histórias é o segredo para conseguir um emprego

Veja os 5 erros que devem ser evitados na galeria de fotos:

  • Misturar trabalho com a vida pessoal

    Mesmo se você vive em uma cidade com um alto custo de vida, mesmo que você tenha mais despesas médicas que o normal ou um empréstimo estudantil, ao discutir seu salário, nunca tome como base sua situação atual para argumentar. Sua remuneração deve estar relacionada apenas às responsabilidades que você assume dentro da empresa.

  • Fazer uma exigência salarial

    Se pedirem a você uma proposta salarial, fale que está aberto a negociações, isso fará com que seu potencial futuro chefe não tenha sua imagem ligada a um número.

  • Não se informar sobre as responsabilidades de seu cargo de acordo com os padrões do mercado

    Só vale a pena contar ao entrevistador quanto você ganha em outro lugar se as responsabilidades forem parecidas e a área de atuação, semelhante.

  • Ter pressa

    Não há problema em pedir 24 horas para pensar, especialmente depois que algum valor é proposto. É importante saber se esse número atende as suas exigências. Principalmente, se existirem propostas de outras empresas.

  • Não falar sobre outras ofertas

    Se você precisa de mais de 24 horas para pensar sobre uma oferta, pois está aguardando outras empresas, deixe que a equipe de RH saiba que você está animado com a vaga, mas que existe uma outra possibilidade. Negociar uma oferta de emprego é a melhor maneira de definir qual será o seu valor no novo trabalho.

Misturar trabalho com a vida pessoal

Mesmo se você vive em uma cidade com um alto custo de vida, mesmo que você tenha mais despesas médicas que o normal ou um empréstimo estudantil, ao discutir seu salário, nunca tome como base sua situação atual para argumentar. Sua remuneração deve estar relacionada apenas às responsabilidades que você assume dentro da empresa.

Comentários
Topo