Fotos

5 importantes lições tiradas de uma visita à Apple Store

Claro que a qualidade dos produtos atrai clientes e, consequentemente, sucesso financeiro às marcas que neles investem. A Apple, portanto, não vale US$ 560 bilhões à toa. A empresa não só tem uma das melhores tecnologias do mercado, mas também um dos melhores atendimentos ao consumidor. Basta uma visita a uma loja da marca para perceber o sucesso da estratégia.

VEJA TAMBÉM: iPhone 7 deve abandonar os tradicionais fones de ouvido

O legado de Steve Jobs, portanto, não só permanece nos aparelhos que tanto nos auxiliam no dia-a-dia e no trabalho, mas pode ainda ser aplicado como exemplo de empreendedorismo.

Veja na galeria de fotos 5 dicas que a Apple pode ensinar a você:


LEIA MAIS: 6 maneiras fáceis de limpar seus gadgets para durarem mais

  • Saiba contratar

    Nem todas as pessoas nascem excelentes vendedoras, mas essa é uma aposta que pode ser feita nos jovens descolados de 20 a 30 anos, vestidos de camisa azul, que circulam pelas lojas da Apple. Todos têm conversa boa, entendem 100% do que vendem e têm ótima capacidade de compreender as necessidades dos clientes. Ter esse perfil de funcionário como meta já é um bom começo.

  • Alinhe objetivos e incentivos

    Grandes salários nem sempre são os melhores incentivos para melhorar a qualidade das vendas. Vendedores da Apple, por exemplo, recebem bonificações à medida que ganham boas notas nos formulários de satisfação dos clientes. Isso acontece principalmente porque a maioria dos consumidores passam horas na loja, batendo papo com os vendedores, que por sua vez, não têm pressa nem preocupação em vender grandes quantidades. Esse tipo de atendimento garante a fidelidade do cliente e o bom relacionamento com a marca. Aposte nele!

  • Ofereça boas opções de produtos

    A Apple tem uma enorme gama de produtos que podem ser essenciais à vida das pessoas. Os vendedores devem ser capazes de transmitir duas coisas importantíssimas: foco e qualidade, além de saber manuseá-lo com excelência, é claro. É necessário fazer as pessoas se sentirem confortáveis e confiantes ao manusear os aparelhos. A comunicação deve ser, acima de tudo, rápida e clara.

  • Respeite os concorrentes
    Há uma grande diferença entre demonstrar a superioridade do seu produto e simplesmente desqualificar a concorrência. A Apple claramente acredita que tem a melhor e mais avançada tecnologia, mas isso não é dito diretamente aos consumidores. Em vez disso, a qualidade dos produtos é demonstrada de várias maneiras, sem que os concorrentes sejam desmerecidos e, assim, o cliente fica à vontade para fazer sua escolha.

  • Seja prestativo e compreensivo

    Não há nada melhor do que ser atendido por alguém que está disposto a o fazer sair da loja não só com suas compras, mas, principalmente, com um sorriso no rosto. Quando as falhas e reclamações acontecerem, coloque-se no lugar do consumidor e demonstre compreensão. O cliente precisa sair com a sensação de que “todos os envolvidos deram o seu melhor para a resolução do caso”. Faça acontecer!

Saiba contratar

Nem todas as pessoas nascem excelentes vendedoras, mas essa é uma aposta que pode ser feita nos jovens descolados de 20 a 30 anos, vestidos de camisa azul, que circulam pelas lojas da Apple. Todos têm conversa boa, entendem 100% do que vendem e têm ótima capacidade de compreender as necessidades dos clientes. Ter esse perfil de funcionário como meta já é um bom começo.

Comentários
Topo