Fotos

Como curtir a final do Super Bowl com estilo

Em 2016, o maior evento esportivo dos Estados Unidos, o Super Bowl 50, será realizado no dia 7 de fevereiro, no Levi’s Stadium, em Santa Clara, do San Francisco 49ers. Fora o tão esperado confronto, a cidade sede e suas vizinhas San Francisco e Oakland têm uma impressionante programação para manter todos os espectadores ocupados antes do apito inicial.

VEJA MAIS:10 eventos esportivos mais valiosos do mundo

O Super Bowl 50 promete ir muito além dos campos de futebol americano. O Guia de Viagem FORBES selecionou dicas e programas para todos os públicos curtirem a viagem para o grande espetáculo da melhor forma. Veja na galeria de fotos:

  • O que saber?

    Como esta edição comemora o 50º aniversário do primeiro confronto, que ocorreu no dia 15 de janeiro de 1967, pode-se esperar uma grande festa, maior do que tradicionalmente é. A imprensa revelou que os postes locais estão equipados com câmeras sob medida, que podem proporcionar uma vista de 360º da região aos mais de 100 milhões de telespectadores. Os aparelhos que prometem ser de tecnologia mais avançada do que qualquer outra fazem parte dos gastos assumidos pelos jogos, que faturaram US$ 5 milhões apenas com comerciais na televisão.

    As imagens para as propagandas da Pepsi nos intervalos do Super Bowl 50 certamente serão tão chamativas quanto as da transmissão do show da banda britânica Coldplay – há rumores de que Bruno Mars também terá presença no palco. Beyoncé é uma das artistas confirmadas e irá se unir a equipe de Chris Martin em alguns números.

  • O que fazer?

    Uma das coisas que a liga de futebol americano, NFL, faz com excelência é tornar-se tema do maior número de eventos possível que circulam ao redor do Super Bowl. Por mais de uma semana, Santa Clara e as cidades ao redor respirarão eventos temáticos, shows e transmissões. O The City Stage, por exemplo, será promovido pela Levi’s e contará com mais de 35 performances de grandes artistas dos dias 30 de janeiro a 7 de fevereiro. Nomes conhecidos são os de Alicia Keys, OneRepublic, The Band Perry, Matt Nathanson e Chris Isaak, entre outros.

    Se os shows e festivais de comida, por exemplo, ainda não são suficientes, os espectadores também poderão encontrar parques temáticos e interativos além das sessões de autógrafos. O museu de arte de Santa Clara, Gloria Gridiron, também promete ter impressionantes coleções de fotos sobre o assunto e a exposição tem início no dia 18 de janeiro e vai até o dia 3 de abril.

    Aos fãs de música, que querem fugir um pouco do tumulto da cidade sede do Super Bowl, o Super Community Concert de Santa Clara apresentará o espetáculo Heart, no dia 31 de janeiro. A Sinfonia de São Francisco e o NFL Films apresentarão o Show dos Campiões (a Concert of Champions, em inglês), dia 3 de fevereiro. Aos de gosto gospel, haverá o Super Bowl Gospel Celebration, 5 de fevereiro.

  • Onde comer e beber?

    Um dos elementos de destaque do Levi’s Stadium é a Michael Mina’s Tailgate, um espaço reservado para os membros do clube, que oferece refeições de cinco pratos e bebidas ilimitadas aos jogos do 49ers em casa. Para o sagrado e bem conhecido “Jantar da NFL”, que acontecerá no dia 6 de fevereiro, chefs das 32 cidades sede da NFL foram escalados e comandarão a noite de jogadores e muitas outras personalidades importantes (45.000 pessoas são aguardadas). Dos dias 22 a 31 de janeiro, ocorre a Semana da Cerveja de San Francisco. Pela pequena distância, não custa nada aproveitar um pouco do festival.

  • Onde ficar?

    A estadia não é algo tão fácil para o público que deixou para reservá-las de última hora, ainda mais as de alta qualidade. Os arredores de San Francisco e Santa Clara, certamente, estão quase sempre lotados durante estes grandes eventos. O Hotel Nikko, em São Francisco, por exemplo, é indicado e considerado quatro estrelas pelo Guia de Viagem FORBES. Outra ótima opção é o Berkeley The Claremont Hotel Club & Spa, que, avaliado em quatro estrelas, é a mais ou menos uma hora de distância do estádio, o que lhe permite fugir um pouco do tumulto do evento. O Claremont Game Day do hotel é bastante conhecido e já inclui um almoço no restaurante Meritage e estacionamento com manobrista.

O que saber?

Como esta edição comemora o 50º aniversário do primeiro confronto, que ocorreu no dia 15 de janeiro de 1967, pode-se esperar uma grande festa, maior do que tradicionalmente é. A imprensa revelou que os postes locais estão equipados com câmeras sob medida, que podem proporcionar uma vista de 360º da região aos mais de 100 milhões de telespectadores. Os aparelhos que prometem ser de tecnologia mais avançada do que qualquer outra fazem parte dos gastos assumidos pelos jogos, que faturaram US$ 5 milhões apenas com comerciais na televisão.

As imagens para as propagandas da Pepsi nos intervalos do Super Bowl 50 certamente serão tão chamativas quanto as da transmissão do show da banda britânica Coldplay – há rumores de que Bruno Mars também terá presença no palco. Beyoncé é uma das artistas confirmadas e irá se unir a equipe de Chris Martin em alguns números.

Comentários
Topo