Fotos

VW Tiguan GTE é um híbrido como você nunca viu

Após ter apresentado o micro-ônibus elétrico BUDD-e na feira de tecnologia Consumer Eletronics Show (CES), em Las Vegas, na semana passada, o lançamento mais recente da Volkswagen, o conceito Tiguan GTE Active, apresentado no Salão Internacional de Automóvel de Detroit, é algo decididamente mais ameaçador. Apesar de ter sido desenhado para atropelar qualquer coisa em seu caminho, este carro é quase tão ecológico quanto o BUDD-e.

VEJA TAMBÉM: Conheça o novo Ford Fusion 2017

O conceito, baseado na segunda geração do Tiguan que veremos nos showrooms em 2017, é um híbrido de direção nas quatro rodas e 221 cavalos de potência.

MAIS FOTOS: Infiniti QX80 é a SUV que mais vale a pena em 2016

Veja mais detalhes do carro na galeria de fotos:

  • Potência

    Embaixo do capô há um motor à gasolina com transmissão automática de seis velocidades. Na traseira, há um motor elétrico que coloca as rodas de trás para funcionar. Juntos, combinados com o sistema que a Volkswagen chama de “eixo de transmissão elétrico”, estas centrais de energia resultam num eficiente sistema de direção nas quatro rodas.

    O Tiguan GTE Active começa qualquer jornada em seu modo E-Mode totalmente elétrico, cuja energia é armazenada em baterias de íon de lítio que alimentam o motor elétrico. O carro pode percorrer 32 km apenas neste modo.

  • Tecnologia

    Apesar de ter 22 centímetros de distância do chão, um quadro sólido de alumínio com placas de derrapagem e um visual off-road, o Tiguan GTE Active é muito tecnológico em seu interior.

  • Potência

    Quando as baterias ficam descarregadas, o motor à gasolina é ativado e o modo híbrido, iniciado. O crossover pode, então, ser dirigido pelas rodas dianteiras, traseiras ou todas a qualquer momento, dependendo da tração necessária.

  • Tecnologia

    De acordo com o lançamento na CES, a Volkswagen equipou o Tiguan GTE Active com uma tela de informação de entretenimento de 9,2 polegadas que também pode ser controlada por gestos, assim como o controle de clima, localizado logo abaixo. Como muitos outros lançamentos atuais, o carro também pode ter o Apple CarPlay ou o Android Auto.

  • Tiguan de produção

    Se você estiver pensando que o Tiguan GTE Active é apenas um conceito fantástico desenhado para desviar o foco no escândalo das emissões das costas da Volkswagen, não seja tão cético. Este crossover é baseado em uma plataforma de produção chamada de Matriz Modular Transversal (MQB) que servirá de base para o novo Tiguan. Ainda que o Tiguan de produção não tenha um visual tão ameaçador, terá espaço para seis pessoas e será quase tão tecnológico quanto este.

Potência

Embaixo do capô há um motor à gasolina com transmissão automática de seis velocidades. Na traseira, há um motor elétrico que coloca as rodas de trás para funcionar. Juntos, combinados com o sistema que a Volkswagen chama de “eixo de transmissão elétrico”, estas centrais de energia resultam num eficiente sistema de direção nas quatro rodas.

O Tiguan GTE Active começa qualquer jornada em seu modo E-Mode totalmente elétrico, cuja energia é armazenada em baterias de íon de lítio que alimentam o motor elétrico. O carro pode percorrer 32 km apenas neste modo.

Comentários
Topo