Fotos

10 carros mais caros já vendidos em leilões

Muitos admiradores de carros apreciam edições limitadas e muito, muito caras. Isso é especialmente verdade em leilões, onde os veículos podem chegar a impressionantes US$ 38,1 milhões de dólares.

MAIS FOTOS: Conheça o novo Pagani Huayra BC

Veja na galeria de fotos os dez carros mais caros já vendidos em leilões:

  • 1º) 1962 Ferrari 250 GTO

    Preço: US$ 38,1 milhões

    O 250 GTO foi desenhado para correr. Porém, ainda que as regras de competição estipulassem que 100 exemplares precisassem ser produzidos, de alguma maneira a Ferrari acabou produzindo apenas 39. O fator de raridade combinado à beleza e ao sucesso do GTO como um corredor o transformou na Ferrari mais valiosa – na verdade, o carro mais valioso – já vendida em um leilão.

  • 2º) 1954 Mercedes W196

    Preço: US$ 29,6 milhões

    O único carro no Top 10 que não é uma Ferrari é o Mercedes W196. Pilotado pelo cinco vezes campeão mundial Juan Manuel Fangio, o carro ganhou vários Grand Prixs e foi vendido por um preço recorde mundial na época durante o leilão do Bonhams Goodwood Festival of Speed, em 2013.

  • 3º) 1967 Ferrari 275 GTB/4*S NART Spider

    Preço: US$ 27,5 milhões

    Apenas dez Ferrari 275s foram produzidas em configuração Spider conversível, graças a uma solicitação direta do importador norte-americano de Ferraris da época, Luigi Chinetti. O carro foi pilotado por Steve McQueen, no “The Thomas Crown Affair”.

  • 4º) 1964 Ferrari 275 GTB/C Speciale

    Preço: US$ 26,4 milhões

    A Ferrari produziu apenas três destes carros, cada um com corpo leve de alumínio e motor V12 3.2.

  • 5º) 1961 Ferrari 250 GT SWB California Spider

    Preço: US$ 18,5 milhões

    Um dos 59 clássicos que foi vendido em leilões antes de ser encontrado em um galpão no ano passado, essa California Spider já foi propriedade do ator francês Alain Delon, que foi fotografado dentro do carro com Jane Fonda e Shirley MacLaine.

  • 6º) 1954 Ferrari 375-Plus Spider Competizione

    Preço: US$ 18,4 milhões

    No Goodwood Festival of Speed do ano passado, uma 1954 Ferrari 375-Plus foi vendida pela casa de leilões Bonhams por US$ 18,4 milhões. O primeiro de apenas cinco exemplares deste veículo de corrida com motor V12 4.9 ajudou a Ferrari a vencer o Sports Car Championship de 1954.

  • 7º) 1957 Ferrari 250 Testa Rossa

    Preço: US$ 16,4 milhões

    Variações do Testa Rossa venceram o Le Mans, em 1958, 1960 e 1961, mas o carro que a casa de leilões Gooding & Company vendeu, em 2011, por um valor que foi recorde na época era um protótipo.

  • 8º) 1961 Ferrari 250 GT SWB California Spider

    Preço: US$ 15,2 milhões

    A Ferrari produziu apenas 56 exemplares do 250 GT SWB California Spider. O carro vendido, em Pebble Beach, em agosto passado, era um de um número ainda menor com capota.

  • 9º) 1964 Ferrari 250 LM

    Preço: US$ 14,3 milhões

    A 250 LM foi a última Ferrari a vencer o Le Mans em 1965.

  • 10º) 1953 Ferrari 340/375 MM Berlinetta ‘Competizione’

    Preço: US$ 12,8 milhões

    Em décimo lugar está um carro que foi pilotado por três campeões mundiais: Mike Hawthorn, Alberto Ascari e Nino Farina. Foi um dos três exemplares utilizados pelo time da Ferrari nas 24 Horas de Le Mans, em 1953.

1º) 1962 Ferrari 250 GTO

Preço: US$ 38,1 milhões

O 250 GTO foi desenhado para correr. Porém, ainda que as regras de competição estipulassem que 100 exemplares precisassem ser produzidos, de alguma maneira a Ferrari acabou produzindo apenas 39. O fator de raridade combinado à beleza e ao sucesso do GTO como um corredor o transformou na Ferrari mais valiosa – na verdade, o carro mais valioso – já vendida em um leilão.

Comentários
Topo