Conheça a história do Lincoln Continental

Treze anos após o último Continental ter saído das linhas de montagem, a Lincoln retomou seu ex principal modelo, em 2015, no Salão de Nova York. Rotulado como um “conceito”, o novo Lincoln Continental vem com muita potência (motor V6 3.0 twin-turbo) e uma variedade de regalias chiques no interior, como assentos traseiros reclináveis e um porta garrafas de champanhe.

VEJA TAMBÉM: Por que o Lexus LC 500 virou um carro legal

Destinado aos mercados norte-americano e chinês, o Continental irá provavelmente sair de conceito e se tornar realidade em 2016 – 77 anos após ter sido lançado.

Veja na galeria de fotos a história do Lincoln Continental:

  • 1940

    Encomendado em 1938 por Edsel Ford para ser seu veículo pessoal, o primeiro Continental foi lançado em 1939. Com um capô longo e elegante cobrindo um poderoso, porém silencioso motor V12, o primeiro Continental era tão moderno que Frank Lloyd Wright o chamou de “o carro mais bonito já desenhado.” (Ele comprou dois).

  • 1946

    Quando a produção de automóveis dos Estados Unidos foi retomada após a II Guerra Mundial, o Continental ganhou uma nova grade e um capô majestoso que abrigava um V12. Quando a Indy 500 foi retomada também naquele ano, um Continental 1946 era o carro da vez.

  • 1961

    Quando John F. Kennedy foi assassinado, ele estava em um Lincoln Continental 1961 (cujo codinome era “X-100”) com a grade tradicional e “portas suicidas”. Havia ainda um telefone e bancos traseiros que poderiam ser erguidos em 25 centímetros. No entanto, o veículo não era blindado.

  • 1969

    James Brown, naturalmente, viajava com estilo – o que significa um Learjet 23 e um Lincoln Continental Mark III 1969. Quatro anos depois, outro Brown – o da música “Bad, Bad Leroy Brown”, de Jim Croce – escolheu rodas semelhantes: um “Continental customizado”.

  • 1977

    A Lincoln lançou o Continental Mark V, um veículo de luxo maior com formas arredondadas. Jock Ewing dirigiu o carro na série de televisão “Dallas” e, apenas para tornar tudo ainda mais luxuoso, a Lincoln ofereceu edições de designer feitas por Bill Blass e Givenchy.

  • 1992

    Na década de 1980 o Continental ficou menor e menos angular, e em 1992 (quando o Mark VIII foi lançado) seu design arredondado já não era um diferencial em relação a outros sedãs de luxo, incluindo o Lincoln Town Car. Em 2002, o Continental foi descontinuado.

  • 2015

    Em abril, quando a Lincoln revelou o conceito do Continental em Nova York, seu design tinha o claro objetivo de restaurar o glamour da marca . “Eu o teria chamado de Flying Spur conceito”, disse o designer chefe da Bentley Loch Donckerwolke no Facebook, referindo-se ao icônico sedã da montadora.

1940

Encomendado em 1938 por Edsel Ford para ser seu veículo pessoal, o primeiro Continental foi lançado em 1939. Com um capô longo e elegante cobrindo um poderoso, porém silencioso motor V12, o primeiro Continental era tão moderno que Frank Lloyd Wright o chamou de “o carro mais bonito já desenhado.” (Ele comprou dois).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).