Fotos

Os passeios pela Suíça para fazer antes de morrer

A Suíça é um dos mais bonitos países do mundo. Conhecida por seus relógios, chocolates, canivetes e outros artigos de luxo, a pequena nação no centro da Europa oferece belas paisagens entre alpes e lagos. E o melhor é que dá para curtir isso tudo de trem, ônibus e barco com a melhor infraestrutura possível.

TURISMO: Novos hotéis cinco estrelas do Guia de Viagens da FORBES

O país tem 27.000 km de linhas de trem, ônibus e barco. Os trajetos, conhecidos mundialmente, destacam-se não pela excelente mobilidade, mas pelas paisagens que tornam as viagens verdadeiros passeios turísticos. São mais de 150 empresas que fazem diferentes rotas panorâmicas.

VEJA TAMBÉM: 8 lugares para curtir na cidade de Praga

Para os turistas, o sistema do país oferece uma série de facilidades. Há pacotes para todos os gostos: o Swiss Travel Pass oferece acesso ilimitado aos três meios de transporte, pode variar entre 210 e 704 francos suíços (R$ 840 a R$ 2.800), dependendo do número de dias e da classe; o Swiss Travel Pass Flex segue a mesma lógica, mas o viajante escolhe os dias em que pretende usar; e o Swiss Half Fare Card, que oferece desconto nos pacotes para quem pretende ficar mais tempo no país.

RANKING: 5 cidades mais caras do mundo

Há oito tipos de rota que ligam todo o país. Entre elas, há passeios de luxo, temáticos, rotas panorâmicas com vistas belíssimas… Veja na galeria de fotos mais detalhes sobre os trajetos e as paisagens da Suíça:

  • Trajeto Glacier Express

    O mais lento trem rápido do mundo liga Zermatt, no sudoeste, à elegante St. Moritz, no sudeste do país em um passeio que passa por 91 túneis, 291 pontes e 15 cidades.

  • Trajeto Glacier Express

    Distância: 294 km

    Duração: 8h03

  • Trajeto Bernina Express

    Este passeio pela região dos alpes vai além dos limites da Suíça. O trem sai de St. Moritz e, pelo Passo Bernina, chega ao belíssimo vale Valtellina, na Itália. São dez cidades ao todo, das quais três são italianas, até chegar a Lugano, um dos pontos mais ao sul do país alpino.

  • Trajeto Bernina Express

    Distância: 154 km

    Duração: 6h42

  • Trajeto Palm Express

    Trem, no entanto, não é a única opção oferecida para quem quer ir de St. Moritz a Lugano. Um ônibus amarelo faz a mesma ligação por caminhos diferentes, mas com paisagens igualmente lindas: sai da cidade suíça, atravessa a Engadina e o vale Bregaglia até chegar à região do Lago de Como, na Itália. Ao todo, são oito cidades e vilarejos.

  • Trajeto Palm Express

    Distância: 133 km

    Duração: 4h10

  • Trajeto Wilhelm Tell Express

    Um trem panorâmico sai de Lugano e passa por sete cidades até chegar a Flüelen, à beira do lago dos Quatro Cantões. Lá, um clássico barco a vapor leva os visitantes por três destinos belíssimos pelas águas suíças até Lucerna.

  • Trajeto Wilhelm Tell Express

    Distância: 182 km

    Duração: 5h21

  • Trajeto Lucerna-Zurique

    Mais curto que a maioria, um trem deixa a elegante Lucerna rumo à capital econômica da Suíça. São cinco cidades ao todo, com passagem pelos belíssimos lagos Rotsee, onde é sediado o campeonato anual de remo, e Zug.

  • Trajeto Lucerna-Zurique

    Distância: 57 km

    Duração: 46 min

  • Trajeto Zurique-St. Gallen

    À caminho da graciosa St. Gallen, o trem passa por algumas das mais belas paisagens do país. Entre Neuhausen e Schaffhausen, a ferrovia passa pelas Cataratas do Reno, a maior queda de água da Europa.

  • Trajeto Zurique-St. Gallen

    Distância: 133 km

    Duração: 2h50

  • Trajeto Voralpen-Express

    Ao sair de St. Gallen, o trem passa pelo Viaduto do Sitter, mais alta ponte ferroviária da Suíça, com 99 m. O trajeto passa pelos mais belos lugares do interior do país, como Churfirsten, até chegar a Lucerna.

  • Trajeto Voralpen-Express

    Distância: 126 km

    Duração: 2h15

  • Trajeto GoldenPass Line

    Com saída de Lucerna, à beira do Lago dos Quatro Cantões, o trajeto passo por outros belíssimos lagos, como Brienz, Thun e Genebra, ao longo de 12 cidades e vilarejos até chegar à famosa e cultural Montreux.

  • Trajeto GoldenPass Line

    Distância: 191 km

    Duração: 5h08

  • Trajeto Montreux-Zermatt

    O trem deixa a Riviera Suíça rumo ao Valais. Pelo caminho, as paisagens oferecem castelos, lagos, vinhedos e muitas montanhas. Na região de Martigny, não deixe de parar para o passeio a Chamonix, na França, com o Mont-Blanc Express.

  • Trajeto Montreux-Zermatt

    Distância: 148 km

    Duração: 2h30

  • Rotas Temáticas

    Trem do Chocolate Suíço

    Sai de Montreux, na Riviera Suíça, passa por Gruyères, lar do famoso queijo Gruyère, e acaba em Broc, onde fica a fábrica de chocolates da Cailler-Nestlé. É possível escolher a primeira classe de um vagão Pullman, de um modelo de 1915, ou do moderno vagão panorâmico com vistas deslumbrantes de Montreux e da medieval Gruyères.

  • Rotas Temáticas

    Trem do Queijo

    Inaugurada em 2013, o trajeto busca explorar a origem do tradicional produto suíço. Os passageiros descobrem tudo sobre a fabricação e o sabor do queijo. Ele circula entre Montreux e Château-d’Oex, na região do Lago de Genebra.

    Além disso, ainda há a visita ao museu Vieux Pays-d’Enhaut, de tradições populares da Suíça, e ao restaurante Le Chalet, com queijaria de demonstração integrada e, em seguida, degustação de uma fondue preparada com queijo biológico.

  • Rotas Temáticas

    Kambly Roundtrip

    Esta viagem de um dia visita os lugares mais bonitos no coração da Suíça, com montanhas banhadas de neve, lagos de água cristalina e campos verdes para encher os olhos. O trajeto passa por algumas das cidades mais belas do país, como Lucerne e a capital Berna, ponto de saída e retorno.

  • Serviço

    O site Grand Train Tour of Switzerland oferece mais informações, com infográficos interativos e opções de compra de pacotes. Tudo em português.

Trajeto Glacier Express

O mais lento trem rápido do mundo liga Zermatt, no sudoeste, à elegante St. Moritz, no sudeste do país em um passeio que passa por 91 túneis, 291 pontes e 15 cidades.

Comentários
Topo