Fotos

Por que é preciso reformar a Penn Station, em Nova York

Construída em 1905 e inaugurada em 1910, a Pennsylvania Station é uma das mais populares da cidade de Nova York e funciona como principal meio de transporte entre Manhattan e o aeroporto de Newark, em Nova Jersey. A reforma do local foi anunciada no início de janeiro e tende a transformar grande parte do que hoje é a Penn Station.

O local de trânsito mais movimentado da Big Apple conta com mais de 650 mil viagens ferroviárias diárias e é a estação de trem mais odiada dos Estados Unidos. O governador Andrew Cuomo diz que ela causa uma “terrível impressão” de Nova York. “É escura, feia, restrita e mal arquitetada.” Para Cuomo, ela deveria ser como a Grand Central Terminal: “Triunfante, semelhante ao que a cidade de Nova York precisa”.

VEJA MAIS: Land Rover oferece volta ao mundo sobre rodas

A Penn Station, em 1963, foi, em parte, demolida. O “New York Times”, por exemplo, denominou o ocorrido como um ato de vandalismo, que depredou ainda mais o local, no que pode ser considerado um dos grandes crimes civis do século 20, nos Estados Unidos.

Para reformá-la e ajudar a transformar o transporte nova-iorquino, o governador avalia ser necessário um pouco mais de US$ 3 bilhões em parcerias público-privadas. O projeto pretende ligar a Penn Station à Amtrak Station, próximo ao tradicional Farley Post Office.

E TAMBÉM: Como a Starbucks transformou um morador de rua em um corretor

Veja na galeria de fotos abaixo mais detalhes sobre a possível reforma de um dos mais tradicionais monumentos de Nova York:

  • Renovação

    Cuomo estipulou 90 dias para os desenvolvedores apresentarem suas propostas. A reforma deve incluir uma nova entrada, de vidro, que se transformará em um novo marco para a 8ª avenida. Os detalhes em vidro serão também implementados do lado de dentro da estação. A proposta é marcar bem as diferenças entre a antiga e a nova Penn Station.

  • Projeto

    Com base nos desenhos originais mantidos no arquivo da Sociedade Histórica de Nova York, uma equipe de arquitetos e desenvolvedores tem um plano-mestre que mostra que essa reconstrução é prática e economicamente viável. A implementação tecnológica será feita baseada nas necessidades de transporte atuais. Os detalhes serão clássicos e rentáveis.

  • Atemporal

    Alguns podem considerar que a reconstrução do monumento não será autêntica e não acompanhará o espirito do século 21. Mas é preciso conservar a história. Certas obras-primas podem ser aperfeiçoadas e transformadas em atemporais.

  • Transformação do tradicional

    Parte do patrimônio de uma das mais famosas cidades do mundo, a Penn Station será, a todo custo, transformada em uma história de inspiração sobre a morte e a ressureição urbana. Considera-se que o governador Cuomo deva ser elogiado por sua ousadia e empenho em revolucionar a principal porta de entrada de Nova York.

Renovação

Cuomo estipulou 90 dias para os desenvolvedores apresentarem suas propostas. A reforma deve incluir uma nova entrada, de vidro, que se transformará em um novo marco para a 8ª avenida. Os detalhes em vidro serão também implementados do lado de dentro da estação. A proposta é marcar bem as diferenças entre a antiga e a nova Penn Station.

Comentários
Topo