Fotos

10 personalidades que mudaram de carreira

Às vezes, para usufruirmos de nosso potencial pleno, é preciso seguir o coração e abraçar radicalmente novas diretrizes. Isso é, pelo menos, o que grandes nomes da lista FORBES têm feito com suas carreiras.

O bilionário fundador da Amazon, Jeff Bezos, por exemplo, é reconhecido pela formulação do conceito do mercado de varejo online. Além de ter usado seus artigos tecnológico e seu conhecimento estratégico de negócios e tendências, o banqueiro de investimentos abriu mão de sua vida em Nova York para fazer o que seria o futuro de sua vida. A recompensa por esta mudança tática foi profunda: recentemente a FORBES estimou o patrimônio líquido de Bezos a US$ 48,9 bilhões, tornando-o o quinto homem mais rico do mundo.

Bill Gates, então, não tinha a intenção de fundar a Bill & Melinda Gates Foundation, por exemplo. Mas depois de ter se tornado o homem mais rico do mundo com a criação da Microsoft, precisava dar algum outro sentido a fortuna arrecadada.

Veja mais alguns exemplos na galeria de fotos abaixo:

  • Jeff Bezos

    Bilionário e fundador da Amazon, Jeff Bezos é reconhecido por sua formulação de conceito do mercado de varejo online. Além de ter usado seus artigos tecnológico e seu conhecimento estratégico de negócios e tendências, o banqueiro de investimentos abriu mão de sua vida em Nova York para fazer o que seria o futuro de sua vida. A recompensa por esta mudança tática foi profunda: recentemente a FORBES estimou o patrimônio líquido de Bezos a US$ 48,9 bilhões, tornando-o o quinto homem mais rico do mundo.

  • Sara Blakely

    Antes de projetar e lançar seus produtos de beleza e corpo pela Spanx, Sara Blakely consagrou seu nome como vendedora porta a porta de aparelhos de fax e material de escritório. Seu sucesso foi tão grande que, aos 25 anos, seu chefe a nomeou como treinadora nacional de vendas. Isso aconteceu em 2000, mas depois disso, em 2014, uma linha de emagrecimento também foi desenvolvida. Em março de 2016, FORBES ligou Blakely a um patrimônio líquido de US$ 1,19 bilhão.

  • Arnold Schwarzenegger

    Schwarzenegger parecia ter tudo: riqueza, fama, sucesso e uma carreira fabulosa. O ex-fisiculturista austríaco deixou de lado sua carreira de ator para disputar o governo do estado da Califórnia, em 2003. Concorrendo como um republicano em um cenário repleto de candidatos, Schwarzenegger venceu com mais de 48% dos votos populares e assumiu o cargo até 2011, quando saiu com uma queda de aprovação equivalente a 23%.

  • Vladimir Putin

    Antes de estar a frente da política russa, o presidente passou 15 anos na KGB e manteve uma carreira bastante ambiciosa como coronel. Depois de passar seus últimos anos na Alemanha, Putin foi chamado de volta a Rússia após a queda do muro de Berlim. Em 1992, através de estreitas ligações, ele ingressou na esfera política e, depois da renúncia do presidente Boris Yeltsin, no final de 1999, assumiu o maior cargo do país.

  • Jessica Alba

    Sem completamente abrir mão de sua carreira de atriz, Jessica Alba voltou seu tempo a fundação da The Honest Company, em 2012. A empresa que oferece produtos livres de toxinas, fraldas e outros voltados a higiene corporal, foi completamente inspirada no bem-estar que deseja proporcionar a seu filho. Ela começou a atuar nas indústrias hollywoodianas em 1994 e encontrou o sucesso na televisão com personagens como Dark Angel e filmes como “Quarteto Fantástico” e “Mergulho Radical”.

  • Bill Gates

    Ele não tinha a intenção de criar a Bill & Melinda Gates Foundation, por exemplo. Mas depois de ter se tornado o homem mais rico do mundo com a fundação da Microsoft, precisava dar algum outro sentido a fortuna arrecadada. Ao invés de criar apenas uma organização filantrópica, Gates faz plena questão de administrá-la e presenciá-la diariamente.

  • Harrison Ford

    É difícil acreditar que Harrison Ford nem sempre foi ator em tempo integral, mas aquele que estrelou “Indiana Jones” e “Star Wars”, passou 15 anos como carpinteiro profissional e autodidata e também trabalhou com a banda de rock “The Doors”, em 1960.

  • Mickey Rourke

    Antes do sucesso da década de 1980, Rourke tinha a aparência durona, já que atuava como lutador de boxe. Tendo começado aos 17 anos, ganhou 27 lutas e a grande maioria delas por nocaute, mas uma lesão lhe obrigou a parar, em 1973.
    Rourke passou, então, a ter uma carreira de ator e fez filmes como “Corpos Ardentes”, “Diner” e “Coração Satânico”. Ele voltaria ao boxe entre 1991 e 1994, antes de ter sucessos de atuação em “Era Uma vez no Mexico”, “Sin City – A Cidade do Pecado” e “O Lutador”.

  • Al Franken

    Franken teve uma longa carreira como comediante, ator, escritor e autor, antes de ser eleito governador do estado de Minnesota, nos EUA. Autor de quatro best-sellers do “New York Times”, foi reeleito em 2014 com 53,9% dos votos.

  • John Grisham

    Além de uma carreira como advogado, Grisham também serviu na casa do estado de Mississippi, no Estados Unidos, por sete anos. Isso, é claro, além de ser autor de alguns best-sellers nos Estados Unidos.

Jeff Bezos

Bilionário e fundador da Amazon, Jeff Bezos é reconhecido por sua formulação de conceito do mercado de varejo online. Além de ter usado seus artigos tecnológico e seu conhecimento estratégico de negócios e tendências, o banqueiro de investimentos abriu mão de sua vida em Nova York para fazer o que seria o futuro de sua vida. A recompensa por esta mudança tática foi profunda: recentemente a FORBES estimou o patrimônio líquido de Bezos a US$ 48,9 bilhões, tornando-o o quinto homem mais rico do mundo.

Comentários
Topo