Carreira

5 coisas que líderes fracos fazem, em vez de liderar

Ser, simplesmente, chamado de “chefe” não faz de você um líder. Infelizmente, há muitas pessoas em posições de gestão que não sabem como conduzir sua própria equipe. Eles arrastam seus funcionários para baixo, levando-os a objetivos minúsculos em vez de inspirá-los a alturas ainda maiores. É uma situação delicada e triste, ainda mais se você quiser dar uns toques de boa vontade, mas não puder.

VEJA MAIS: 4 sinais de que seu chefe talvez seja pior do que cigarro

O mercado de trabalho está sendo aquecido de uma forma dramática. Funcionários têm entrado em uma grande batalha por conta de seus talentos. E aqui vão cinco coisas que maus gerenciadores fazem, enquanto deveriam liderar e inspirar suas equipes:

  • Eles observam as pessoas enquanto trabalham

    É preciso sentir compaixão daqueles que chegam ao topo dos cargos, mas não sabem muito bem como gerenciar uma equipe. Alguns são jogados na liderança sem treinamento nem suporte. Eles nem sempre sabem o que fazer, portanto, assistem o trabalho dos outros – o que é bastante opressivo.

  • Eles são cheios de amor com seus superiores

    Uma das maneiras mais fáceis de identificar um gerente que não entende o que é liderar, é vê-los com seu próprio patrão. Bons gerentes dizem a verdade a seus superiores, pois supõe terem sido promovidos por conta de seus pensamentos, opiniões e desempenho.

  • Eles fazem pronunciamento, estabelecem regras e fazem de tudo para demonstrar que estão no comando

    Gastar tempo para provar que se está no comando talvez seja uma das maiores demonstrações de que este “líder” não está pronto para efetivamente liderar. A grande questão é: quanto mais imposições, regras e limites os funcionários tiverem, menos criativos e produtivos eles serão. Quanto mais confiança houver em uma equipe, mais ela tente a ir para a frente.

  • Eles fazem de tudo para serem bajulados

    Um tópico bastante simples: bons líderes têm seus próprios trabalhos. Não perdem seu tempo tentando demonstrar o que fizeram, apenas fazem. “Líderes” que não estão prontos para liderar não querem confetes ou algo do gênero, apenas que o trabalho seja feito e que a equipe caminhe em ascensão.

  • Eles microgerenciam

    Você saberá quando um gerente não está pronto para assumir a liderança quando ele der indícios de falta de autoconfiança. Geralmente, maus líderes não se arriscam muito em planos inovadores, mas seguem os passos dos líderes anteriores – o que é bastante triste. Um microgerente não confia em si mesmo para deixar que as pessoas façam o seu próprio trabalho.

Eles observam as pessoas enquanto trabalham

É preciso sentir compaixão daqueles que chegam ao topo dos cargos, mas não sabem muito bem como gerenciar uma equipe. Alguns são jogados na liderança sem treinamento nem suporte. Eles nem sempre sabem o que fazer, portanto, assistem o trabalho dos outros – o que é bastante opressivo.

Comentários
Topo