Fotos

Conheça a nova Yamaha FJR 1300

A FORBES testou a nova moto esportiva Yamaha FJR 1300 que agora conta com mais vantagens e conforto. A nova Yamaha, que se encontra entre as motocicletas pesadas de grande agilidade, não só foi redesenhada, mas também refinada e melhorada. Algumas de suas mudanças estão sendo estudadas desde 2003.

Os profissionais da montadora colocaram bastante empenho no redesenho e na montagem do produto. Substituíram o duplo farol de LED pelas lanternas traseiras inteiramente de LED. Disponível apenas em azul cobalto, a FJR parece um veículo verdadeiramente feito para adultos e profissionais, mesmo coincidindo seu desempenho bastante esportivo.

VEJA MAIS: Cadillac lança SUV XT5 e mostra que pode ser forte no setor

São duas opções disponíveis da FJR 1300 para 2016. A FJR 1300 ES, que custa cerca de US$ 18.000 nos Estados Unidos, incorpora uma suspensão eletronicamente ajustável e também um ajuste de luz. Já a FJR 1300 A, que custa cerca de US$ 16.000 nos Estados Unidos, tem uma suspensão manualmente ajustável e não oferece a opção de luz regulável. As diferenças do modelo ES são acessíveis através de uma tela de menu alinhada aos controles do guidão esquerdo. O modelo A, por sua vez, tem uma alavanca sem muitas ferramentas para alterar a suspensão traseira de duro a macio. As diferenças de configuração em ambas as máquinas passam por uma linha bastante tênue. Qualquer uma das suspensões conta com firmeza, para que a moto sempre seja orientada para o desempenho.

O FJR 1300 conta com um motor quatro cilindros de injeção de combustível e refrigeração líquida, quatro válvulas por cilindro e ajustes para produzir 138 Nm máximo a 7.000 rpm, números que estão ligeiramente acima dos de 2015. O motor suave é, ao mesmo tempo, poderoso e conta com uma ampla entrega de torque. Então, esta não é uma moto que exige brutas mudanças de engrenagem. Ela puxa todas as marchas mais baixas e simplifica a entrega de potência. Já as configurações de frenagem estão ligadas a dois pistões de freio dianteiro e, quando o freio traseiro é ativado, em determinadas circunstâncias, um recurso transparente ainda melhora o desempenho de frenagem.

E TAMBÉM: 3 lançamentos do Salão do Automóvel de Nova York

A máquina recebeu um grande upgrade no quesito velocidade, além da sexta marcha. As engrenagens foram espaçadas de forma mais uniforme do que antes. O para-brisa também eletricamente ajustável tem cinco polegadas. Veja mais na galeria de fotos abaixo:

  • Yamaha FJR 1300

    Algumas das mudanças da FJR têm sido estudadas desde 2003.

  • Yamaha FJR 1300

    O painel de controle foi totalmente redesenhado para o lançamento de 2016.

  • Yamaha FJR 1300

    São dois modelos Yamaha FJR: o FJR1300ES com suspensão eletronicamente ajustável e o FJR1300A, com suspensão manualmente ajustável.

  • Yamaha FJR 1300

    Muitos dos seus controles são o mais tecnológico e ajustável possível.

  • Yamaha FJR 1300

    Uma outra novidade das novas FJR são as lanternas, compostas inteiramente de luzes de LED.

  • Yamaha FJR 1300

    O motor das motos FJR contam com quatro cilindros de injeção de combustível e refrigeração líquida.

  • Yamaha FJR 1300

    A moto tem um estilo bastante esportivo, porém, confortável.

Yamaha FJR 1300

Algumas das mudanças da FJR têm sido estudadas desde 2003.

Comentários
Topo