Fotos

10 dicas para quem viaja ao Japão pela primeira vez

O Guia de Viagens de FORBES já listou alguns bons passeios de viagem, mas sempre existem atualizações válidas a serem feitas. Para muitos dias no Japão, certamente estes são alguns dos passeios que você não pode deixar de fazer:

VEJA TAMBÉM: 5 destinos de praia na África para conhecer antes de morrer

  • Tome um voo internacional assim que possível

    Os voos domésticos não são as melhores opções a quem vai para o Japão. Eles são longos demais e sem muita estrutura. Portanto, escolha os internacionais!

  • Tenha um JR Pass

    Obtenha o JR Pass próprio para estrangeiros. Eles custam cerca de US$ 250 e permitem acessar qualquer linha JR do país por até 7 dias, incluindo os trens de alta velocidade.

  • Leve dinheiro

    O Japão é uma sociedade baseada em dinheiro e, de muito lugares. Porém, muitos estabelecimentos no Japão não aceitam cartões de crédito – como o McDonalds. Muitas lojas simplesmente não estão equipadas para receber cartões de crédito ou débito como pagamento. Caixas eletrônicos que aceitam variados tipos de bancos, por exemplo, também são raríssimos. Recomenda-se então, que o câmbio seja feito antes mesmo do embarque ou, no máximo, no aeroporto.

  • Aproveite as lojas de conveniência japonesas

    Diferentemente do que se vê ao redor do mundo, os banheiros das lojas de conveniência japonesas são extremamente limpos e alguns tem, até mesmo, assentos aquecidos. Lá, você também tem uma gama grande de opções de alimentação nutritivas e baratas.

  • Eigo o hanashimasu ka?/ Você fala inglês?

    Embora alguns recomendem que se aprenda falar japonês antes de viajar pro país, é possível fazer isso com o mínimo de conforto quando se fala inglês. Muitos locais trabalham com companhias estrangeiras e têm a necessidade da língua inglesa. A grande maioria dos funcionários, pelo menos, se viram no inglês.

  • Leve desinfetante para as mãos e sacos plásticos a todos os lugares

    Sabonete para as mãos não é um produto comum de ser encontrado em banheiros públicos. É importante, portanto, ter sempre um desinfetante – seja álcool em gel ou um sabonete em tamanho viagem. E sacos de lixo também não são muito comuns pelas ruas ou dependências japonesas. Portanto, sacos plásticos podem ajudar para não contribuir com a sujeira e organização ruim dos locais.

  • Tenha um aparelho que se conecte facilmente ao Wi-Fi

    Quase todos os estabelecimentos japoneses tem redes wi-fi para quem quiser se conectar, afinal de contas, foi ali onde tudo começou.

  • É preciso ter uma VPN

    Nós estamos acostumados a navegar por qualquer site que se queira, mas no Japão não é bem assim. É preciso ter uma rede privada para que todos os sites sejam liberados sem qualquer problema com o Estado.

  • É preciso pechinchar

    O Japão parece buscar recompensar um aventureiro. Tudo o que você encontrar e ainda achar barato, pode ser ainda mais barato. São lembrancinhas, milhares de objetos com diferentes e inusitadas funcionalidades que podem encher as suas malas antes de voltar ao seu país de origem sem ter tirado muito dinheiro do bolso.

  • Faça uma coisa de cada vez

    Conhecer uma cultura completamente diferente da qual você está acostumado pode embaralhar um pouco a cabeça. Tudo é novidade, verdadeiramente não dá pra conhecer tudo de uma só vez. Então, selecione as suas prioridades e empenhe-se, em cada uma delas, o máximo que você puder.

Tome um voo internacional assim que possível

Os voos domésticos não são as melhores opções a quem vai para o Japão. Eles são longos demais e sem muita estrutura. Portanto, escolha os internacionais!

Comentários
Topo