Fotos

10 ilhas particulares de bilionários

Se a casa de um homem é o seu castelo, então sua ilha é o seu reino. E, enquanto nem todo mundo tem o dinheiro suficiente para comprar uma ilha, vale a pena se deliciar com as imagens dos paraísos de alguns famosos.

RANKING: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

Na década de 1960, começou uma moda entre os milionários de comprar propriedades cercadas pelo oceano. Isso aconteceu depois que o magnata Aristotle Onassis, marido da ex-primeira dama norte-americana Jacqueline Kennedy, adquiriu a sua primeira ilha na Grécia. A FORBES, então, compilou dez celebridades que aderiram a tendência e fizeram de alguns pedaços de terra o paraíso deles. Veja:

  • Larry Ellison
    Lanai, Havaí

    O CEO da Oracle comprou quase toda a ilha de Lanai, no Havaí, em 2012, por cerca de US$ 300 milhões. Ele pretende transformar 98% do local (mais de 360 milhões de m²) em um local mais conhecido como “A Ilha do Abacaxi”, pois já foi considerado o maior fornecedor de abacaxi do mundo. A meta de uma das pessoas mais ricas do mundo para o seu próprio paraíso é também fazer dele um dos lugares mais prósperos e sustentáveis no Oceano Pacífico.

  • Ted Turner
    St. Phillips Island, Estados Unidos

    Ted Turner, sua família e amigos sempre velejam na Carolina do Sul, estado norte-americano. Isso, então, se tornou mais fácil quando o magnata comprou a intocada ilha de aproximadamente 30 hectares cercada pelo Oceano Atlântico, florestas marítimas, lagoas e pântanos.

  • Richard Branson
    Necker Island, Ilhas Virgens Britânicas

    Desde a primeira visita a ilha caribenha de aproximadamente 30 hectares, Richard Branson desejou transformá-la em um retiro exclusivo e de paz. “Convido você a explorar este paraíso e se deixar ser inspirado por sua beleza”, diz Branson no site da ilha. Para 2016, as taxas de hospedagem giram em torno de US$ 16.460 por casal para quatro dias e US$ 29.960 por casal para 7 noites.

  • Ilha do Mosquito, Ilhas Virgens Britânicas

    A apenas 3 km de barco da Necker Island, Richard Branson continua partilhando do mesmo amor pela Ilha do Mosquito, que adquiriu em 2007 e, desde então, a transformou em um resort. “Bem-vindo ao paraíso particular”, diz Branson no site da ilha sobre a área que fica disponível para aluguel temporário e uso exclusivo. Este pedaço de terra pode custar US$ 47.300 por noite, ou seja, US$ 2.150, por noite, para 22 convidados.

  • John C. Malone
    Sampson Cay, Bahamas

    Alguns magnatas compram ilhas e as deixam abertas para o público. Outros, simplesmente fazem o oposto. John Malone é um deles. Comprou uma cadeia de 365 pequenas ilhas na cadeia de Exuma, um arquipélago que começa a quase 60 km de Nassau.

  • Ekaterina e Dmitry Rybolovlev
    Skorpios Island, Grécia

    Nem mesmo todos os ricos e famosos podem ter o que querem. Bill Gates, Giorgio Armani e Madonna, nos últimos anos, competiram para adquirir a ilha grega de 120 hectares. Foi lá que aconteceu o casamento do magnata Aristotle Onassis com a ex-primeira dama dos Estados Unidos, Jacqueline Kennedy, em 1968.

  • Dietrich Mateschitz
    Laucala Island, Fiji

    Orquídeas selvagens, ilhas desertas, praias de areia branca e muito mais. O co-fundador da Red-Bull comprou a ilha em Fiji em 2000 e, desde então, descobriu o seu paraíso tropical.

  • Roman Abramovich
    New Holland Island, St. Petersburg, Rússia

    A New Holland Island, em St. Petersburg, na Rússia, comprova que nem todas as ilhas são cercadas por um mar cristalino. Esta é uma ilha artificial construída por um Pedro, o Grande e, mantida pelo bilionário russo Roman Abramovich, que possui todos os direitos de desenvolvimento em um contrato de arrendamento de 100 anos.

  • David e Frederick Barclay
    Brecqhou, Channel Islands, Reino Unido

    Os amantes da história medieval podem desfrutar de uma visita a pequena ilha privada do canal inglês, não muito longe da costa da Normandia, na França. Os gêmeos e bilionários David e Frederick Barclay, conhecidos pelo gosto de privacidade, compraram a ilha em 1993. Os projetos arquitetônicos da ilha levaram mais de 20 anos para ficarem prontos e são inspirados em estilos góticos. Piscinas, heliportos, lagos e uma ponte modelada por Monet e Giverney também fazem parte da propriedade.

  • Louis Bacon
    Robins Island, NY

    Às vezes, a ideia de comprar uma ilha começa com um sonho. Louis Bacon diz ter conhecido a ilha quando tinha 20 anos, enquanto pescava em um barco que navegava pelas redondezas. Anos mais tarde, em 1993, quando já era um comerciante de Wall Street, Bacon comprou mais de 160 hectares da intocada floresta, praia e lagoa de Long Island, cerca de 130 km de Manhattan por cerca de US$ 11 milhões para ser seu retiro familiar.

Larry Ellison
Lanai, Havaí

O CEO da Oracle comprou quase toda a ilha de Lanai, no Havaí, em 2012, por cerca de US$ 300 milhões. Ele pretende transformar 98% do local (mais de 360 milhões de m²) em um local mais conhecido como “A Ilha do Abacaxi”, pois já foi considerado o maior fornecedor de abacaxi do mundo. A meta de uma das pessoas mais ricas do mundo para o seu próprio paraíso é também fazer dele um dos lugares mais prósperos e sustentáveis no Oceano Pacífico.

Comentários
Topo