Fotos

24 números impressionantes de Kobe Bryant

Depois de quase cinco meses da pior temporada da história dos Lakers, o último jogo da carreira de Kobe Bryant será disputado hoje (13) . Buscando a vitória sobre o Utah Jazz, o time de Los Angeles jogará em casa, no Staples Center, na Califórnia, a partir das 23h30, pelo horário de Brasília.

Durante toda a temporada, a despedida de Bryant foi usada como uma distração dos péssimos números do time californiano. Nos 81 jogos da temporada 2015-2016, foram 16 vitórias contra 65 derrotas, mantendo os Lakers na última colocação da Conferência Oeste.

VEJA MAIS: 10 atletas mais bem pagos da última década

Outros talentos do esporte norte-americano anunciaram o fim de suas carreiras, nos últimos anos. Em 2013, Mariano Rivera, o astro do beisebol do New York Yankees, anunciou sua aposentadoria meses antes do último jogo de sua carreira. No ano seguinte, Derek Jeter, também dos Yankees, declarou que iria parar de jogar até o final da temporada, com um jogo final com uma grande produção. Este ano, os fãs do Red Sox, de Boston, irão mais uma vez assistir às promessas de despedida do astro David Ortiz.

Meio ano depois do anúncio de sua aposentadoria, Bryant continua sendo o maior pontuador do time. Para se preparar para a despedida, confira na galeria outros números do maior astro do time californiano:

  • 2 prêmios de MPV das finais (2009 e 2010), um a menos que Shaquille O’Neal

  • 3,57 milhões de dólares foi o quanto ele ganhou em suas três primeiras temporadas. Na primeira delas, entre 1996 e 1997, ele passou por pouco a marca de um milhão, com US$ 1,015 milhão

  • 4 vezes Bryant não foi aos playoffs, sendo três nas três últimas temporadas. Ele já havia ficado de fora na temporada 2004-2005 quando os Lakers tiveram o recorde de 34 vitórias e 48 derrotas.

  • 5 títulos na NBA o fazem estar empatado com Tim Duncan, do San Antonio. As conquistas foram sobre o Indiana, Philadelphia, Nets, Orlando e Boston. As derrotas nas finais foram apenas duas, uma para o Boston e outra para o Detroit.

  • 6 temporadas consecutivas foi o tempo pelo qual Bryant teve o maior salário da NBA. O valor de US$ 25 milhões da temporada 2015-2016 o colocou acima dos US$ 22,97 milhões de LeBron James, do Cleveland, e dos US$ 22,88 milhões de Carmelo Anthony, do New York

  • 8 foi o primeiro número na sua camisa no Lakers, que ele usou nas primeiras dez temporadas até trocar para o 24 na 2006-2007, seu número no Ensino Médio. Qual deles será usada na partida de hoje? Talvez ambos, segundo Mitch Kupchak, gerente geral do time

  • 10 treinadores passaram por sua carreira ao longo dos 20 anos, incluindo uma dobradinha com Phil Jackson

  • 13ª foi a colocação dele entre os escolhidos pelo Charlotte no draft de 1996. Como ele nunca teve a intenção de jogar lá, mudou para o Lakers depois de 15 dias, o único time em que Bryant quis jogar

  • 15 vezes eleito para começar o All-Star Game, o mais votado da história. Ele foi o jogador mais valioso da partida comemorativa por quatro vezes.

  • 16 aparições nos jogos de Natal, um recorde do campeonato

  • 19 triple-doubles em toda sua carreira, que é quando o jogador marca mais de dois dígitos em, pelo menos, três fundamentos do jogo, como assistência, pontos e rebates. Sua média de assistências por jogo é de 4,7, não muito longe de Michael Jordan, que marcava 5,3.

  • 20 temporadas jogando com os Lakers, o maior número da história para um mesmo jogador em um só time

  • 24 jogos em que Bryant marcou 50 pontos, a terceira melhor marca da história

  • 30,45 milhões de dólares foi o salário dele durante a temporada de 2013-2014, a única vez em que ele passou a marca dos 30 milhões.

  • 60,4% é a porcentagem de ganhos nos playoffs

  • 81 pontos contra o Toronto, em 2006, foi a segunda maior pontuação de um jogador na história

  • 328 milhões de dólares é o total de ganhos de Bryant jogando pelos Lakers. Somente Kevin Garnett, do Minnesota, ganhou mais na história, com um total de US$ 341 milhões

  • 352 milhões foi o quanto ele ganhou pelas campanhas publicitárias em que atuou, incluindo Nike, McDonald’s, Coca-Cola, Turkish Airlines, Mercedes-Benz e Hublot

  • 650 dólares é o preço mais barato cobrado por um ingresso para o último jogo de Bryant, para a arquibancada superior. Normalmente, os bilhetes para um jogo dos Lakers custam US$ 38,00

  • 680 milhões de dólares é o total de ganhos de Bryant ao longo de sua carreira, o maior valor já arrecadado por um atleta em qualquer time. Ele fez mais de US$ 215 milhões que Michael Jordan

  • 33.583 foi o número de pontos que ele marcou ao longo da carreira, o terceiro do ranking

  • 38.024 mil dólares é o preço por uma edição limitada de boné feito especialmente para o último jogo de Bryant. A peça da New Era contém pontos de ouro 18 quilates e o número 24 estampado na frente. Somente oito foram fabricados, correspondentes ao primeiro número da camisa do astro

1 prêmio de MPV (jogador mais valioso) da temporada regular (2008), assim como Shaquille O’Neal

VEJA MAIS: 10 maiores estrelas do patrocínio da NBA

Comentários
Topo