Fotos

35 locações incríveis de “Game of Thrones”

São pouquíssimos os fãs de “Game of Thrones” que não concordam com o quão espetacular é a produção feita pela HBO. A personificação de seus personagens e o enredo são fatores sensacionais. Os cenários reais também são de instigar qualquer um que tenha o mínimo de interesse por conhecer algumas das muitas maravilhas do mundo.

VEJA TAMBÉM: 6 lições de negócios para aprender com “Game of Thrones”

Rodando por mais de sete países, a produção do seriado selecionou não só pontos históricos e turísticos de alguns locais. Depertou interesse também em outros locais menos badalados.

Veja na galeria de fotos abaixo 35 locações incríveis de “Game of Thrones”:

  • Espanha

    Alcázar de Sevilla, Sevilha

    Este foi o lugar perfeito encontrado para a representação dos Jardins de Água do Reino de Dorne. As cenas ali gravadas ocuparam locais que há cinco anos eram habitados por reis católicos e, ainda antes deles, pelos califas que construíram o local. Baños de Doña Maria de Padilla e a Gruta dos Sultões são lugares imperdíveis durante uma visita à Alcázar de Sevilla.

  • Praça de Touros de Osuna, em Osuna

    A Praça dos Touros de Osuna foi um dos principais cenários que brilharam até agora em “Game of Thrones”. As areias das praias de Sevilha foram também muito usadas para a cenografia das areias de Meereen.

  • A Ponte Romana, em Córdoba

    A maravilhosa ponte romana, de Córdoba, foi transformada pela presença de “Game of Thrones” no local. Esta foi construída por tropas imperiais no primeiro século a.C.

  • Marrocos

    Aït-Ben-Haddou

    Todo o mundo de ficção de Essos, em “Game of Thrones”, Aït-Ben-Haddou é transformado em Yunkai, a menor das três cidades na Baía dos Escravos, e em Pentos, a maior das Cidades Livres.

  • Essaouira

    Enquanto em “Game of Thrones” a cidade de Astapor fica ao sul de Yunkai, Essaouira, na vida real, está localizada a oeste de Aït-Ben-Haddou, e cerca de 100 quilômetros a oeste de Marrakech, na costa atlântica de Marrocos. Um dos marcos da cidade é o seu muro fortificado que torna Astapor ficcional tão memorável na tela.

  • Atlas Film Studios

    O Atlas Studios, localizado no deserto marroquino bem próximo da cidade de Ouarzazate, é um dos maiores estúdios de cinema do mundo. Além de cenas de “Game of Thrones”, muitos filmes como “Babel”, “Gladiador” e “Asterix e Obelix – Missão Cleópatra” tiveram a paisagem como cenário.

  • Islândia

    Grjótagjá

    A temporada de “Game of Thrones”, que estreará hoje (24), conta com Grjótagjá como cenário em algumas cenas.

  • Dimmuborgir

    Dimmuborgir é, segundo o folclore islandês, ligada ao inferno.

  • Vatnajökull

    Representada por suas áreas montanhosas do sudeste islandês, faz parte do maior parque nacional do continente europeu, com 13.600 km² de extensão.

  • Höfoabrekka

    Em “Game of Thrones”, a área foi usada para filmar as cenas traiçoeiras de Frostfangs.

  • Parque Nacional Thingvellir

    Usado como um dos lugares de filmagem para a quarta temporada de “Game of Thrones”, o Parque Nacional Thingvellir é um Patrimônio Mundial da UNESCO, onde o Alþingi – o parlamento nacional da Islândia – foi criado em 930.

  • Croácia

    Dubrovnik

    No mundo de “Game of Thrones”, Porto Real é um local importante, aparecendo na maioria dos episódios e histórias, como um dos principais pontos de encontro para muitos personagens.

  • Minceta Tower

    Símbolo da invencibilidade da cidade, a Minceta Tower era a principal torre de defesa local, virada para o continente.

  • Lovrijenac Fortaleza

    As cenas da Fortaleza Vermelha na primeira temporada foram filmadas em Malta, mas para não ficar confuso mais tarde, a partir da segunda temporada a produção mudou o set para a Croácia, facilitando assim a filmagem de exteriores de Dubrovnik e a Fortaleza Lovrijenac. A baía, em frente à fortaleza foi usada para a cena da Batalha de Blackwater.

  • Lokrum

    Em “Game of Thrones”, Lokrum é transformada em Quarth, a “Rainha das Cidades”, que está localizada no continente de Essos. A Casa dos Imortais, acima mencionada, também fica em Quarth.

  • Trsteno Arboretum

    As muitas cenas em que Varys e Tyrion caminham através dos jardins exteriores do palácio para traçar planos e trocar segredos foram filmadas em Trsteno Arboretum.

  • Sibenik

    Na série, a cidade é também lar do famoso Banco de Ferro, bem como abriga a Arya Stark em seu voo de Poniente.

  • Split

    Algumas cenas da quinta temporada de “Game of Thrones” foram filmadas dentro do Palácio de Diocleciano, em Split. O grande complexo do palácio do Imperador Romano Diocleciano guarda muitos mistérios históricos que mexem com a imaginação durante a visita ao local.

  • Klis Fortress

    A Fortaleza medieval de Klis, no topo de uma colina com vista para a aldeia de mesmo nome, perto de Split, é um dos lugares onde Daenerys planeja seu retorno ao poder. Não aparece na tela por muito tempo, mas o antigo castelo real ainda vale a pena ser visitado.

  • Parque Nacional de Krka

    As águas azuis-turquesa com o som constante e borbulhante das corredeiras e jorrando por cachoeiras fazem do Parque Nacional de Krka um lugar cheio de paz e tranquilidade.

  • Irlanda do Norte

    Tollymore Forest Park

    Tollymore Forest Park já apareceu várias vezes em “Game of Thrones”. É aqui que um membro da Patrulha da Noite vê uma família de Selvagens mortos na neve e, em seguida, encontra um White Walker. Além disso, este é o lugar onde Ned Stark e seus filhos encontram os filhotes de um lobo gigante. Mais tarde na série, Theon Greyjoy é perseguido a cavalo por Ramsay Snow, o Bastardo de Bolton.

  • Castle Ward

    Em “Game of Thrones”, as terras foram destacadas na primeira temporada, quando o local serviu de cenário para a chegada do Rei Robert Baratheon e sua corte a Winderfell. O castelo é sempre caracterizado como pátio de Winterfell.

  • Mussenden Temple e Praia de Downhill

    Tanto o Templo Mussenden quanto a Praia de Downhill foram usados em “Game of Thrones” como a locação externa para Dragonstone.

  • The Dark Hedges

    A Dark Hedges pode ser a mais bela avenida de árvores de faia do mundo. Plantada pela família Stuart no século 18 para impressionar seus visitantes enquanto eles se aproximavam da entrada para sua mansão georgiana (Gracehill House), o trabalho deles foi muito bem feito.

  • Ballintoy Harbour

    A equipe de produção da série escolheu este lugar maravilhoso para ser o porto de Pyke, onde Theon Greyjoy põe os pés de volta nas Ilhas de Ferro, admira seu navio e tem alguns problemas com sua tripulação.

  • Cushendall

    A 10 km da pequena cidade de Cushendall, fica um conjunto de cavernas formado ao longo de um período de 400 milhões de anos de condições climáticas extremas.

  • Larrybane

    Junto com a bela costa da Irlanda do Norte, a área de Larrybane também faz parte das Stormlands em “Game of Thrones”. Todo o lugar é deslumbrante e está conectado a Sheep Island por uma das mais famosas pontes de corda do mundo: a Carrick-a-Rede.

  • Murlough Bay

    Murlough Bay é uma parte muito remota e bela da costa da Irlanda do Norte, com vistas para o mar de Rathlin Island e Mull of Kintyre, na Escócia.

  • Malta

    Mdina Gate

    Capital de Malta com 4.000 anos de idade, Mdina é uma cidade medieval murada em uma colina no centro da ilha. É comumente chamada de Cidade do Silêncio. Em “Game of Thrones”, Catelyn e Ser Rodrik Cassel entram em Porto Real através do lindo Portão de Mdina para investigar o ataque a Bran.

  • Fort Ricasoli

    Fort Ricasoli é uma grande fortificação do século 17 construída pelos Cavaleiros de Malta noa parte mais alta conhecida como Gallows Point. É uma das primeiras coisas que se conhece ao visitar a pitoresca vila de Kalkara, uma vez que domina o Grand Harbour. Voltando a Westeros, Fort Ricasoli foi usado para representar a Fortaleza Vermelha em Porto Real.

  • Azure Window

    O pano de fundo para o casamento de Daenerys Targaryen e Khal Drogo, além de aparecer em “Game of Thrones”, também apareceu em filmes como “Fúria de Titãs” e “O Conde de Monte Cristo”.

  • Verdala Palace Grounds

    O elegante palácio é cercado por Buskett Gardens, que foram usadas pelos Cavaleiros de Malta para os jogos de caça, enquanto que no século 18 foi usada como uma prisão militar por Napoleão Bonaparte.

  • Fort St Angelo

    O local foi uma residência oficial e guarnição durante séculos e quando os Cavaleiros de Malta chegaram à ilha de Fort St. Angelo, ele se tornou a sede do Grande Mestre. Mais tarde, no século 18, os britânicos usaram como uma instalação militar. Anos depois, foi severamente danificado durante a Segunda Guerra Mundial. Seus túneis subterrâneos foram usados em “Game of Thrones” como as prisões da Fortaleza Vermelha, onde Arya persegue um gato e ouve uma importante conversa.

  • Fort Manoel

    Construído pelos Cavaleiros de Malta entre 1723 e 1755, era uma ativa fortificação militar. Ela foi passada para o controle britânico no século 18 e também desempenhou um papel decisivo durante a Segunda Guerra Mundial. Parte importante de Porto Real em “Game of Thrones”, Fort Manoel é o Grande Septo de Baelor, o lugar infame onde Joffrey tem um confronto inesquecível com Ned Stark.

  • Escócia

    Doune Castle

    O Castelo de Doune pode ser visto em vários filmes e séries como “Monty Python” e o “Santo Graal”, e a adaptação clássica da “Ivanhoe” com Elizabeth Taylor. Foi o set de filmagem de Winterfell no episódio-piloto de “Game of Thrones”.

Espanha

Alcázar de Sevilla, Sevilha

Este foi o lugar perfeito encontrado para a representação dos Jardins de Água do Reino de Dorne. As cenas ali gravadas ocuparam locais que há cinco anos eram habitados por reis católicos e, ainda antes deles, pelos califas que construíram o local. Baños de Doña Maria de Padilla e a Gruta dos Sultões são lugares imperdíveis durante uma visita à Alcázar de Sevilla.

Comentários
Topo