Carreira

4 dicas para melhorar a relação com a sua equipe

Hoje em dia, negócios são feitos de modo a sobreviver à velocidade com que as coisas mudam no mercado. Para isso, os líderes dessas companhias, para manterem-nas competitivas, precisam estar atentos às tendências e ao que vem pela frente e, mais fundamental, estarem aptos a mudanças.

VEJA MAIS: 9 dicas para se dar bem com o chefe

Uma das melhores maneiras de manter a empresa atualizada e aberta ao mercado é por meio de uma equipe bem estruturada e pronta para enfrentar novos desafios todos os dias. A complexidade do mundo business é muito grande para que uma pessoa sozinha dê conta de enxergar a partir de todos os ângulos possíveis.

Ainda que nem todas as equipes sejam iguais, algumas medidas podem ser tomadas pelos gestores para que a experiência seja sempre a melhor possível. Confira na galeria algumas dicas para otimizar o trabalho em equipe da sua companhia:

  • A decisão do time é melhor do que a sua

    Quando há confronto ou diferenças entre a opinião do gestor e da equipe, geralmente são os subordinados que acabam perdendo. Para chegar na melhor decisão, em vez de submetê-los a sua decisão, um bom chefe deve estimulá-los a continuar procurando por uma resposta que agrade a todos. Nesses casos, a melhor maneira de encorajar o amadurecimento de ideias na equipe é promover o individualismo, fazendo com que cada membro trabalhe em soluções possíveis.

  • O potencial do time depende da maturidade do líder

    Muitas vezes, a equipe não consegue atingir seu potencial máximo por conta da má gestão de seus gestores, ou por estes não saberem o que se passa na sua própria empresa ou por não conseguirem adaptar seus estilos de liderança dependendo da situação.

    Líderes têm dois papéis junto a um grupo. Em primeiro lugar, eles instruem regras e limites. Por outro lado, são os responsáveis por trabalhar lado a lado com sua equipe, sabendo de tudo o que se passa em sua companhia.

  • Saber lidar com a pressão social

    O maior desafio da relação entre muitos chefes e suas equipes não é somente lidar com a pressão social, mas saber identificá-la. Fazer uma reunião, por exemplo, demanda uma enorme quantidade de foco e atenção no conteúdo discutido, tendo que processar toda a emoção sentida pelo grupo, assim como a de cada indivíduo. Pautas caem, egos ficam no caminho, conversas paralelas aparecem e, de repente, a produtividade da reunião fica comprometida. É preciso que o líder fique sempre atento para trazer o foco do time de volta para o que está sendo debatido.

  • Comunicação é fundamental

    Nem sempre a mensagem enviada é a mesma recebida. A brincadeira do telefone-sem-fio já era uma prática da comunicação na infância, e pode muito bem ser aplicada a um escritório. O motivo pelo qual o conteúdo de um recado perde o seu significado no meio do caminho é que o gestor não fala diretamente com a equipe, fazendo com que, quem estiver no caminho, altere aquilo que foi dito.

    Até mesmo quando a comunicação é feita por e-mail problemas podem ocorrer. Quando a linguagem utilizada não é precisa, o conteúdo fica à mercê da interpretação e o esforço para que o recado chegue da maneira certa é dobrado. Times precisam de comunicação consistente e clara. Sem objetividade e precisão, o conteúdo não chega da maneira desejada.

A decisão do time é melhor do que a sua

Quando há confronto ou diferenças entre a opinião do gestor e da equipe, geralmente são os subordinados que acabam perdendo. Para chegar na melhor decisão, em vez de submetê-los a sua decisão, um bom chefe deve estimulá-los a continuar procurando por uma resposta que agrade a todos. Nesses casos, a melhor maneira de encorajar o amadurecimento de ideias na equipe é promover o individualismo, fazendo com que cada membro trabalhe em soluções possíveis.

Comentários
Topo