Fotos

9 razões pelas quais Dubai será a cidade mais importante do século 21

Ao longo da história, grandes cidades passam por transformações. Hoje, Dubai representa muitas delas. Seu foco econômico não mais é o petróleo, suas visões de governo estão muito mais expandidas e, talvez o mais importante, está aberta aos mercados de todo o mundo, emergentes ou desenvolvidos.

VEJA TAMBÉM: Dubai tem planos de parque temático de US$ 2,8 bilhões

Além de seu mercado imobiliário e de luxo fortíssimo, Dubai é uma das cidades com maior índice de imigrantes do mundo – batendo até mesmo Nova York. Seu aeroporto é um dos mais movimentados do mundo, seus impostos baixos atraem investidores de todos os lugares. Ou seja, Dubai tem crescido bastante e, muito provavelmente, será a cidade mais importante do século 21. Veja os motivos na galeria de fotos abaixo:

  • 1˚) Dubai é uma cidade de imigrantes

    Pessoas dos mais distintos lugares do mundo se mudam para Dubai e, com o tempo, se sentem mais em casa. É questão de tempo. Estima-se, até mesmo, que os estrangeiros sejam mais comuns do que os próprios nativos. Esta proporção supera os números de cidades como Nova York, onde os estrangeiros equivalem a 30 ou 40% da população.

  • 2˚) Dubai é a cidade dos aeroportos

    Em 2015, Dubai, com o seu aeroporto internacional, conquistou o título de aeroporto mais movimentado do mundo. Ele é, afinal de contas, uma fácil porta de entrada para três principais regiões do mundo: Ásia, Oriente Médio e África. “Estas regiões são donas de mercados crescentes e em desenvolvimento. O que as une ao mundo é Dubai”, disse o chefe global de private equity, Mustafa Abdel-Wadood, à Forbes. A Abraaj tem, agora, mais de US$ 9 bilhões em ativos sob gestão e, grande parte de investidores institucionais procuram mercados emergentes.

  • 3˚) É porta de entrada para o Irã

    Uma nação de abundantes recursos naturais, 80 milhões de pessoas, jovens educados e uma das boas histórias econômicas do mundo. Mas vai levar um tempo para que os outros países re-abracem o Irã, novamente. No entanto, pelos Estados Unidos terem mantido suas sanções, companhias de Dubai mantiveram seus pactos de intermédio.

  • 4˚) Tem demonstrado esforço para modernizar, principalmente quando se trata de questões ligadas ao sexo feminino

    Oito mulheres, incluindo uma de 22 anos de idade, ocupam cargos ministeriais no Gabinete UAE para tratar sobre assuntos da juventude. Três dos embaixadores dos Emirados Árabes Unidos em conjunto com as Nações Unidas, em Nova York, são mulheres. O sexo feminino também, hoje, representa cerca de 66% da força de trabalho do setor público, 30% em cargos de chefia e 46% diplomadas em ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

  • 5˚) Economia diversificada

    Em contraste com as outras economias existentes no Oriente Médio, Dubai não será dizimada pelo declínio do preço do petróleo. Embora a abundância do petróleo seja um benefício, os demais setores de Dubai contribuem muito para a economia. O comércio e o turismo, por exemplo, representam cerca de 28% do PIB total. Já os negócios e as finanças, 27%. O transporte, por sua vez, corresponde a 14%.

  • 6˚) Grande compromisso com o livre comércio

    Dubai é uma cidade famosa por seus impostos baixos, embora isso esteja começando a mudar a medida em que os Emirados Árabes Unidos tem introduzido algumas taxas. A cidade tem zonas especiais onde as leis estimulam o investimento internacional, ao contrário de outras economias de mercados emergentes.

  • 7˚) É um hotspot cultural

    Dubai talvez só não tenha tantos flashes como Beverly Hills. Mas a arquitetura, a arte e o incentivo a elas é enorme. Anualmente, aliás, pessoas do mundo inteiro se reúnem para a Art Dubai, uma enorme convenção de arte.

  • 8˚) Tem atraído milhares de talentos tecnológicos de todo o mundo

    Há até cinco anos podia ser difícil encontrar empresas do setor tecnológico em Dubai, mas os níveis de desenvolvimento melhoraram e, agora, a cidade é a grande promessa de ser o “próximo Vale do Silício”.

  • 9˚) Está em seu momento

    Dubai tem se transformado em uma cidade global. E isto deve ser conhecido por todas as pessoas do mundo. Grandes cidades, em algum momento de sua história, crescem. Esta é a hora de Dubai.

1˚) Dubai é uma cidade de imigrantes

Pessoas dos mais distintos lugares do mundo se mudam para Dubai e, com o tempo, se sentem mais em casa. É questão de tempo. Estima-se, até mesmo, que os estrangeiros sejam mais comuns do que os próprios nativos. Esta proporção supera os números de cidades como Nova York, onde os estrangeiros equivalem a 30 ou 40% da população.

Comentários
Topo