Carreira

6 sinais que podem indicar sua futura demissão

Uma grande dificuldade de gerentes de área e de profissionais de RH em uma empresa é falar sobre assuntos desconfortáveis com os funcionários. Tópicos como má desempenho, atrasos, faltas e comportamentos inadequados sempre são tabus, pois envolvem relações pessoais.

Um dos temas mais evitados é a demissão de alguém. Não conseguir falar sobre isso é normal, mas, frequentemente, os chefes, mesmo sem consciência, dão sinais de que planejam demitir um funcionário.

VEJA MAIS:6 atitudes banais que podem ser motivo de demissão

Veja na galeria de fotos abaixo 6 sinais do seu chefe que podem indicar que você está na berlinda:

 

  • Curiosidade repentina

    Seu chefe nunca mostrou muito interesse em saber sobre as tarefas do seu trabalho, mas passa a fazer muitas perguntas. Isso faz sentido, pois ele será a conexão entre a nova pessoa que irá substituí-lo e precisa extrair o máximo de informações sobre a sua função.

  • Você passa a ser um tutor

    Seu chefe o encarrega de ensinar para alguém sobre o seu trabalho e explicar detalhadamente o seu dia a dia. Este “aprendiz” provavelmente irá substituí-lo.

  • Seu plano de metas passa a ser ignorado

    Você tinha um plano para atingir metas dentro de sua função e comunicou o seu chefe. Se, de repente, ele para de falar com você sobre o assunto, pode ser um sinal de que você não precisa mais atingir essas metas.

  • Você não é mais envolvido em projetos

    No passado, estar por dentro de projetos era uma de suas funções. Se, subitamente, eles param de o convidar para as reuniões e o deixam por fora, alguma coisa está errada.

  • Você não é mais questionado sobre férias

    Se ao pedir dias de folga não há um mínimo questionamento, o que é comum ocorrer, provavelmente, a empresa não está mais preocupada com a sua ausência.

  • Você passa a ser ignorado

    O fato de não responderem suas mensagens, não passarem novas funções e não ligarem se você está ou não durante o seu período de trabalho também pode ser um indicativo.

Curiosidade repentina

Seu chefe nunca mostrou muito interesse em saber sobre as tarefas do seu trabalho, mas passa a fazer muitas perguntas. Isso faz sentido, pois ele será a conexão entre a nova pessoa que irá substituí-lo e precisa extrair o máximo de informações sobre a sua função.

Comentários
Topo