Fotos

Construção histórica na Itália terá casamentos a partir de US$ 171,6 mil

Aos pés dos alpes italianos, quase na fronteira com a Suíça, o Lago de Como é um cenário de contos de fadas que se estende por 146 km² em um curioso formato de “Y”. O lago, um dos mais profundos da Europa, já era conhecido pelos romanos como “Larius” e aparece em registros históricos como uma região de veraneio de intelectuais e monarcas europeus.

VEJA MAIS: 11 viagens mais luxuosas de trem do mundo

É da época romana que se tem os primeiros registros da Villa Pliniana, um palacete às margens da água citado pelo filósofo Plínio, o Velho, em seus escritos do século I d.C. O prédio não se manteve em pé em sua estrutura original, mas as reconstruções foram visitadas, ao longo da história, por Leonardo da Vinci, Lord Byron e Napoleão Bonaparte, entre outras figuras importantes que passaram pelo norte da Itália.

E AINDA: 6 melhores destinos oferecidos por agências de luxo brasileiras

Hoje, o prédio, de arquitetura do século XVI, pertence ao grupo Sereno Hotels. O palacete será o local de eventos para os hóspedes do Il Sereno, o hotel de luxo da companhia que abrirá as portas em agosto deste ano. A hospedagem fica a uma distância de 1 km de barco e 2 km de carro do prédio histórico.

Quando pronta, a Villa Pliniana receberá cerimônias para até 200 pessoas, com 19 suítes para acomodar os convidados. O edifício preservou os afrescos, terraços e lareiras da construção neoclássica e um spa, jacuzzis e uma piscina panorâmica complementam a estrutura.

RANKING: 50 marcas mais valiosas do mundo em 2016

O preço médio de um evento no palacete será de US$ 171,6 mil para sete noites, incluindo hospedagem com café da manhã, serviço de arrumação e o uso de todas as instalações. Veja abaixo fotos do palacete:

  • Villa Pliniana

  • Villa Pliniana

  • Villa Pliniana

  • Villa Pliniana

  • Villa Pliniana

  • Villa Pliniana

Villa Pliniana

Comentários
Topo