Fotos

5 dicas de economia para os jovens

Há muitas coisas que os jovens não sabem sobre dinheiro. Normalmente, as faculdades ligadas a área falam muito sobre questões teóricas, mas esquecem uma parte fundamental: como lidar com dinheiro próprio para sobreviver.

VEJA MAIS: 13 dicas para tirar seu negócio do papel antes dos 30

Em primeiro lugar, nenhum banco e serviço financeiro fará algo de graça para você. As taxas parecem invisíveis, mas pode ter certeza que elas estão lá. Outro bom conselho é, quanto mais você sabe sobre o sistema “escondido” de taxas, melhor você se sairá. Dessa forma, você não apenas poupará dinheiro, mas também economizará mais.

Veja na galeria de fotos 5 dicas financeiras para os jovens:

  • 1. Se você tem dívidas, comece um plano de pagamentos agora

    É simples: quanto mais cedo você começar a quitar suas dívidas, mais cedo você se livra delas e pode começar a juntar dinheiro pensando no futuro. A mesma coisa vale para cartões de crédito e débito.

  • 2. Comece a investir

    Não importa o quanto você ganha de salário, mesmo que seja pouco, é importante você pegar uma parte e investir em algumas coisas ou, até mesmo, em uma poupança.

  • 3. Evite cartões de débito pré-pagos

    A maioria desses cartões que exigem que você coloque dinheiro neles, antes mesmo de usar a conta, tem muitas taxas. Procure por cartões de débito sem taxas. Fique atento também as taxas cobradas quando você saca dinheiro em caixas eletrônicos.

  • 4. Não use corretores ou agentes

    É possível contratar seguro saúde, olhar imóveis para aluguel e outros serviços sem a necessidade de uma pessoa o auxiliando, pois isso custa dinheiro. A internet permite que você faça contrate muitos serviços sozinho, o que diminui os custos.

  • 5. Não deixe as emoções tomarem conta

    Não fique pensando em enriquecer muito rápido, sonhando em ter ideias geniais. Muitas vezes, elas falham. Se você investir uma grande quantia, pode acabar sem nada e com uma dívida.

1. Se você tem dívidas, comece um plano de pagamentos agora

É simples: quanto mais cedo você começar a quitar suas dívidas, mais cedo você se livra delas e pode começar a juntar dinheiro pensando no futuro. A mesma coisa vale para cartões de crédito e débito.

Comentários
Topo