Fotos

8 bilionários na luta contra as armas nos EUA

Após o pior episódio de disparos de arma de fogo na história dos Estados Unidos, no último dia 12 de junho, quando um homem abriu fogo na boate Pulse, em Orlando, e matou 49 pessoas, o discurso sobre o controle de armas voltou à tona.

RANKING GERAL: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

Muitos bilionários apoiam a causa do controle de armas, seja doando fundos para organizações ou falando em público sobre o assunto polêmico.

Veja na galeria de fotos os 8 bilionários que apoiam a causa:

  • Bill Gates

    O cofundador da Microsoft e sua mulher doaram US$ 1 bilhão para a Washington Alliance, voltada para a responsabilidade em relação ao porte de armas. Com isso, o casal apoiou a politica de checagem do histórico criminal das pessoas antes de venda de armas de fogo.

  • Michael Bloomberg

    O magnata e político, que tem uma fortuna estimada em US$ 44 bilhões, virou um líder na promoção do controle de armas no país. No ano de 2014, ele ajudou a estabelecer a ONG “Everytown for Gun Safety”. Após o episódio, ele clamou pela causa e está promovendo esforços para que o Congresso passe leis mais rigorosas de controle de armas.

  • Warren Buffett

    O diretor e CEO do Berkshire Hathaway possui cargo no conselho na ONG “Everytown for Gun Safety”, de Bloomberg.

  • Oprah Winfrey

    A Oprah já se manifestou muitas vezes contra a violência que as armas geram. Após o episódio de Orlando, ela tuitou a hashtag #Orlando e uma série de emojis. Em discurso no ano de 2013, na Harvard, ela afirmou que a maioria dos americanos apoiam a checagem de antecedentes criminais.

  • Paul Allen

    Em 2014, o cofundador da Microsoft doou US$ 500 milhões para uma campanha que incentiva a maior checagem de históricos criminais no estado de Washington.

  • Steve Ballmer

    O CEO Steve Ballmer, que tem patrimônio de US$ 23,2 bilhões, apoiou a mesma campanha que Bill Gates e Paul Allen participaram. Ao todo, ele e sua mulher Connie doaram US$ 580.000.

  • George Soros

    No Fórum Econômico Mundial deste ano, em janeiro, o bilionário também se manifestou sobre o problema. “Eu sou totalmente contra armas. E se campanhas forem organizadas em escalas largas, eu não me oporia.” Soros também fez doação de US$ 50 mil em esforços contra a violência de armas de fogo.

  • Rupert Murdoch

    O homem que controla a rede de televisão Fox questionou sobre a falta de controle de armas nos Estados Unidos. “Boas palavras do Obama a respeito da tragédia de Orlando, mas que tal alguma atitude de líder? Quando os políticos irão ter coragem de banir armas eletrônicas?”.

Bill Gates

O cofundador da Microsoft e sua mulher doaram US$ 1 bilhão para a Washington Alliance, voltada para a responsabilidade em relação ao porte de armas. Com isso, o casal apoiou a politica de checagem do histórico criminal das pessoas antes de venda de armas de fogo.

Comentários
Topo