Fotos

9 atitudes para você parar de gastar dinheiro sem perceber

Pedir a entrada, o prato principal e a sobremesa sempre parece uma boa ideia. Mesmo que você não dê conta de comer tudo o que vem no prato, o pedido é completo para agradar os olhos e a barriga com fome. Essa prática, no entanto, é o que faz com que os americanos joguem fora US$ 640 de comida boa todos os anos.

VEJA MAIS: 8 carreiras para quem é bom em relacionamentos

O desperdício de comida não é a única maneira de não aproveitar aquilo que o dinheiro suado compra. Pagar taxas não autorizadas de cartões de crédito e outras contas, comprando em mercados mais caros porque são uma quadra mais perto e outras atitudes são as responsáveis por zerarem a conta bancária no final do mês.

Para economizar, basta prestar atenção em alguns detalhes que passam despercebidos na correria do dia a dia. Para saber quais são, veja na galeria de fotos dicas para poupar seu dinheiro para o que realmente importa:

  • Não compre muitas coisas

    Sempre planeje as suas refeições antes de ir ao mercado. Comprar carnes e legumes para quando não se tem tempo de cozinhar é um desperdício de comida e de dinheiro. Compre somente o necessário para as refeições que você tem certeza que acontecerão.

  • Compare preços

    Às vezes, a diferença de preço entre um lugar e outro pode ser brutal. Produtos industrializados, principalmente, tendem a sofrer alterações que fazem a diferença na conta final. E isso não vale somente para supermercados: livros, roupas e todos os tipos de mercadorias sofrem variações de preços dependendo do local de compra. Ficar atento aos locais mais baratos ajuda a diminuir as despesas.

  • Não pague tudo no cartão de crédito

    O mantra “compre agora, pague depois” é um dos mais perigosos para a conta bancária. Quando não vemos o nosso saldo diminuir dia a dia, fica muito mais fácil fazer compras grandes e sofrer apenas quando o cartão cair. Esse método, no entanto, não é milagroso: você ainda terá que pagar pelo que comprou.

  • Não pague as taxas inúteis

    Bancos têm um costume irritante de cobrar por taxas que o cliente não é obrigado a pagar. Geralmente, elas vêm no cartão de crédito em pequenas parcelas, que não são sentidas pelos usuários. Mas, no final, o valor é alto, sim, e prejudica o seu orçamento. Fique de olho nos extratos e sempre pergunte por que você precisa pagar por aquilo.

  • Não compre marcas famosas

    Normalmente, a única diferença entre uma marca famosa e uma genérica que ofereçam o mesmo produto é o preço. Inclusive, não é raro que os genéricos sejam melhores em qualidade do que os mais famosos.

  • Não gaste com coisas que não serão usadas

    Um dos maiores gastos desnecessários dos dia de hoje é com televisão a cabo. Com a Netflix no pedaço, as companhias que oferecem canais pagos perdem clientes em massa e se esforçam para manter os antigos. Mas, se você não usa, não faz o menor sentido pagar por algo inútil.

  • Não gaste além do planejado

    Passar da meta muitas vezes no mês significa um peso extra para o bolso na hora de pagar as contas. Se você estabelecer uma meta, não a descumpra repetidamente.

  • Pare de adiar sua decisões

    Não fique esperando para fazer reservas de hotel ou para comprar passagens de avião. Compras de última hora são as que mais pesam no bolso, já que as empresas costumam cobrar muito mais por esses serviços quando sabem que seus clientes não têm outra opção senão pagar caro por eles.

  • Não compre lançamentos

    Existe algo de irresistível em comprar coisas que acabaram de ser lançadas. Elas são, no entanto, sempre as mais caras. Não há nada de errado em esperar algumas semanas, ou até meses, para comprar um produto que não seja urgente.

Não compre muitas coisas

Sempre planeje as suas refeições antes de ir ao mercado. Comprar carnes e legumes para quando não se tem tempo de cozinhar é um desperdício de comida e de dinheiro. Compre somente o necessário para as refeições que você tem certeza que acontecerão.

Comentários
Topo