Carreira

7 trabalhos temporários para quem está desempregado

Para grande parte dos recém-formados, enfrentar os primeiros meses de desemprego é algo desesperador. Sem ter conseguido transformar aquele estágio em carteira assinada, muita gente fica sem saber o que fazer enquanto não consegue um trabalho na sua área.

VEJA MAIS: 7 segredos infalíveis para administrar seu tempo

Neste momento, a melhor solução possível para vencer a ansiedade é se ocupar. Trabalhos temporários não somente ajudam a passar o tempo enquanto o emprego não vem como também aliviam a preocupação com a conta bancária.

Além disso, eles acabam se tornando uma opção de profissão, caso lhe interesse. Veja na galeria de fotos algumas destas ocupações:

  • Levar cachorros para passear

    Primeiro, claro, é preciso gostar de cachorros. Depois, basta organizar a sua agenda para não perder a hora dos passeios. Por ser algo que exige poucas horas de dedicação, você ainda terá tempo de sobra para enviar currículos e participar de entrevistas de emprego.

  • Trabalhar em restaurantes

    Como a rotatividade em restaurantes é relativamente alta, experiência não é algo muito requisitado. O importante é ter vontade de aprender e estar disposto a trabalhar duro. Você pode procurar por postos de bartender ou de garçom e ainda faturar com gorjetas.

  • Babá

    Neste caso, fica mais fácil se você tiver alguma experiência com irmãos pequenos ou outras crianças. A responsabilidade é alta, mas o pagamento também pode ser bem generoso. O mais importante é ter afinidade com os pequenos e certa paciência.

  • Trabalhos em eventos

    A área administrativa e de eventos está sempre em busca de pessoas dispostas a trabalhar por alguns dias em festas e cerimônias. De recepcionista a carregador de caixas, existem vários postos rápidos que servem para guardar algum dinheiro.

  • Professor particular

    Se você tiver conhecimento mais aprofundado sobre algum idioma ou instrumento, uma boa ideia pode ser repassá-lo. Dar aulas particulares exige muita organização, mas pode ser até divertido, caso se trate de algo que você gosta muito.

  • Motorista de Uber

    Para quem mora em grandes cidades, o Uber é uma excelente fonte de renda. É simples de usar e extremamente flexível. O único problema é que, dado o investimento no carro, para valer a pena, a dedicação precisa ser quase que integral.

  • Entregador

    Caso você tenha uma moto ou uma bicicleta, uma boa ideia é se oferecer como entregar em restaurantes e bares. Assim como no caso dos garçons e bartenders, a área tem muita rotatividade e, por isso, não exige muita experiência.

Levar cachorros para passear

Primeiro, claro, é preciso gostar de cachorros. Depois, basta organizar a sua agenda para não perder a hora dos passeios. Por ser algo que exige poucas horas de dedicação, você ainda terá tempo de sobra para enviar currículos e participar de entrevistas de emprego.

Comentários
Topo