Carreira

Como estruturar seu negócio para bombar na internet

O meio virtual é hoje tão (ou mais) importante quanto o meio físico para um negócio. Especialmente para os iniciantes, a internet possibilita tornar seu produto ou serviço conhecido sem o investimento em mídias tradicionais de propaganda.

LEIA MAIS: 11 dicas infalíveis para bombar na internet

“Nós, normalmente, estamos a um braço de distância do celular, não é nem um metro mais”, afirma Fabio Ricotta, CEO da Agência Mestre, especializada em marketing digital. “O público brasileiro, no geral, tem acesso à internet. Então, tem um mercado gigantesco que pode ser atingido por você na casa dele, à noite, no metrô, no horário de trabalho… você pode falar com eles.” Para isso, no entanto, é preciso tomar alguma medidas para tornar seu negócio mais estruturado para este meio.

RANKING: 70 maiores bilionários do Brasil em 2016

Formado em ciência da computação pela Universidade Federal de Itajubá (Unifei), o mineiro fundou a agência em 2008 e dá consultoria para pessoas em empresas melhoraram sua imagem on-line. Veja na galeria galeria de fotos seis dicas para estruturar seu negócio para bombar na internet:

  • Aprenda um pouco sobre a parte técnica (ou pague alguém para isso)

    Antes de tudo, é preciso entender um pouco do assunto. Para Ricotta, por exemplo, o estudo em ciência da computação ajudou-o a especializar-se em marketing digital. Não é imprescindível que você entenda de computação para fazer seu negócio bombar on-line, mas ter alguma noção mais técnica ajuda.

    Mas se tudo isso lhe parece mais difícil que mandarim, tenha alguém na sua equipe voltada apenas ao marketing digital. Afinal, nada como uma ajuda profissional para impulsionar o negócio.

  • Comece com o básico

    Você não precisa, e nem deve, começar com grandes estratégias de marketing digital, comece pelo básico, como a criação de um portal e de páginas nas redes sociais. “Se você é uma pessoa que trabalha com algo artesanal, é recomendado descobrir onde o público está: se ele está no Instagram, não é preciso construir uma loja gigante ou grandes anúncios, eu preciso fazer um trabalhinho lá, postando os produtos que eu tenho e divulgar um telefone que possam me contatar, por exemplo, pelo WhatsApp”, afirma Ricotta. “Ou se você for uma pizzaria local, no mínimo tenha um site. É fácil, pode fazer pelo Wix ou pela plataforma gratuita do WordPress.”

  • Descubra o que funciona para o seu negócio

    Nenhuma estratégia de crescimento funciona universalmente para todos os negócios. “Growth hacking” é o termo em inglês que traduz-se basicamente em táticas de crescimento que funcione para o seu negócio. De acordo com Ricotta, apesar da nova roupagem, o método já é usada no Brasil há um tempo. Procure identificar o seu.

  • Ofereça valor agregado

    “Todas as ações de marketing devem ser centradas na marca”, afirma Ricotta. “Você precisa se comunicar com a sua audiência e explicar o que a marca faz, agregar algum conhecimento para essa pessoa. Sempre que você for com o intuito de somar, seja oferecendo um produto ou serviço relevante, seja oferecendo conteúdo, você coloca a marca como foco.”

  • Invista nas redes sociais

    Não é novidade que as redes sociais estão aí para ficar. Mais do que fonte de entretenimento, elas são grandes meios de divulgação para marcas e negócios. “No Facebook, há uma forma de segmentação muito forte, você consegue expecificar direitinho com quem está falando”, diz Ricotta. É importante, no entanto, ver qual mídia faz mais sentido para o seu negócio. Se quer passar informação, o Twitter pode funcionar, mas se o objetivo é mostrar fotos, é o caso de focar no Instagram.

  • Faça um bom SEO

    SEO é a ferramenta de rastreamento do Google que ajuda a ranquear melhor o seu portal nas buscas. Criar um SEO mais eficiente, no entanto, vai muito além de uma boa palavra-chave. “A melhor forma de fazer aparecer nos resultados tradicionais do Google é trazer algum diferencial para o usuário, é o conteúdo”, diz Ricotta.”Porque se você que rum telefone e for em lojas diferentes, os vendedores darão explicações diferentes, isso torna o produto único, é a riqueza do que você tem.”

Aprenda um pouco sobre a parte técnica (ou pague alguém para isso)

Antes de tudo, é preciso entender um pouco do assunto. Para Ricotta, por exemplo, o estudo em ciência da computação ajudou-o a especializar-se em marketing digital. Não é imprescindível que você entenda de computação para fazer seu negócio bombar on-line, mas ter alguma noção mais técnica ajuda.

Mas se tudo isso lhe parece mais difícil que mandarim, tenha alguém na sua equipe voltada apenas ao marketing digital. Afinal, nada como uma ajuda profissional para impulsionar o negócio.

Comentários
Topo