Carreira

4 dicas para manter a sanidade quando você está prestes a perder o emprego

Talvez a sua indústria está afundando. Talvez a sua companhia foi comprada e ela será reestruturada. Talvez haja uma greve ou você trabalhe nessas empresas gigantes que a cada trimestre realizam demissões, e com esse cenário você percebe que não vai ficar empregado por muito tempo.

LEIA MAIS: 10 coisas que pessoas mentalmente fortes não fazem

Independentemente da situação, você está em um período de crise na carreira. Você não sente segurança no seu emprego ou um senso claro do que o futuro reserva para você. Seu nível de estresse está altíssimo e sobram poucas horas para você revisar seu currículo. Portanto, essas quatro dicas estratégicas de autopreservação vão ajudá-lo a sobreviver ao caos em que você se encontra profissionalmente.

Veja na galeria de fotos 4 dicas para manter a sanidade quando você está prestes a perder o emprego:

  • Foque no que você consegue controlar

    Talvez você perca seu trabalho, mas talvez não. De qualquer jeito, quando forças maiores como as fases da economia e apertos na área corporativa estão em jogo, não há muito o que fazer. Para evitar o sentimento de impotência, é importante focar nos aspectos da sua vida que você pode controlar, sem desmoronar sua vida pessoal. Você, sozinho, não pode impulsionar o preço do petróleo ou reviver a época do jornalismo impresso, mas ainda pode dar a volta por cima. Pode ser tentador jogar tudo para o alto, mas você se arrependerá se abdicar de suas responsabilidades. Não negligencie as áreas em que você possui influência.

  • Identifique o que está indo bem e amplifique isso

    Se você tiver sorte, enquanto você pode estar enfrentando o caos do trabalho, há outros aspectos da sua vida que ainda estão funcionando, como seu relacionamento familiar, suas amizades, seus hobbies ou sua rotina de exercícios físicos. Coloque sua energia em algo que amplie as áreas que já estão positivas. Chame um amigo para ir tomar uma bebida. Passe mais tempo com sua família. Desacelere o seu ritmo neste mês. Se sentir bem-sucedido em uma parte da sua vida fará com que as partes que estão negativas pareçam melhores.

  • Peça ajuda

    Mande alguns e-mails para ativar sua comunicação e tentar identificar novas oportunidades de trabalho. Aceite a oferta da sua sogra para ser babá enquanto você vai à cafeteria mais fina da cidade atualizar seu LinkedIn tomando um café. Marque um encontro com o seu terapeuta. Essa não é uma boa hora para ficar sozinho. Ser alguém que os outros precisam é algo bom, então coloque de lado seu orgulho e permita que as pessoas o ajudem com o seu estresse, aceitando e contando com a ajuda deles. Se você tiver boas pessoas do seu lado, reúna-se com elas.

  • Ofereça ajuda quando possível

    A instrução dos voos para colocar a máscara de oxigênio em você antes de colocar em outra pessoa é algo muito útil para a vida, pois depois de cuidar de você mesmo, se você tiver energia, tente ajudar quem precisa. Ajude o seu colega de trabalho a revisar seu texto, ou cubra o horário dele quando ele for em uma entrevista de trabalho. Seja voluntário na sua comunidade. Isso não irá ajudar apenas os outros, como também pode lhe dar um propósito positivo em um período da sua vida em que essa motivação pode estar em falta.

Foque no que você consegue controlar

Talvez você perca seu trabalho, mas talvez não. De qualquer jeito, quando forças maiores como as fases da economia e apertos na área corporativa estão em jogo, não há muito o que fazer. Para evitar o sentimento de impotência, é importante focar nos aspectos da sua vida que você pode controlar, sem desmoronar sua vida pessoal. Você, sozinho, não pode impulsionar o preço do petróleo ou reviver a época do jornalismo impresso, mas ainda pode dar a volta por cima. Pode ser tentador jogar tudo para o alto, mas você se arrependerá se abdicar de suas responsabilidades. Não negligencie as áreas em que você possui influência.

Comentários
Topo