Carreira

5 erros banais que líderes inteligentes cometem

A maioria dos negócios é conduzido por pessoas inteligentes. Entretanto, quando as coisas não vão bem, o problema geralmente é causado por algum erro banal cometido por parte desses líderes. Tragédias ocorrem quando há sabotagem desses profissionais, que cometem falhas que são vistas por todos, menos por eles.

LEIA MAIS: 10 sinais de que seu chefe se virou contra você

Como pessoas espertas e experientes cometem erros tão banais? Sydney Finkelstein, professor na Tuck School of Business, em Nova Hampshire, nos Estados Unidos, passou seis anos procurando a resposta para essa pergunta. Ele e seus colegas estudaram 51 grandes casos mundiais desse tipo de falhas, entrevistando CEOs e pessoas de outros níveis. A equipe descobriu que decisões erradas feitas por líderes inteligentes podem ser intencionais ou acidentais, mas sempre são seguidas por um padrão de arrogância, o que faz com que qualquer empresa de sucesso fracasse.

Veja na galeria de fotos o que líderes que cometem erros banais têm em comum:

  • Eles acham que são as pessoas mais inteligentes dos lugares

    Muitos líderes inteligentes sabem do seu potencial. Sua identidade se baseia exclusivamente na sua inteligência. Com isso, eles acreditam que a ajuda dos outros é desnecessária. Eles tomam decisões rapidamente e se recusam a responder questões mal-compreendidas. Entretanto, na vida real, tomar decisões com imprudência e extrema rapidez leva ao erro. A chance de fracassar é muito maior quando você não se importa com o que as outras pessoas pensam.

  • Eles se cercam de pessoas cômodas que concordam com tudo sem questionar

    Alguns líderes se tornam tão obsessivos com lealdade que procuram ajuda em pessoas que não refletem sobre decisões que eles tomam. Isso aliena bons funcionários e silencia vozes que poderiam ajudar a empresa a ter sucesso. Quando líderes começam a igualar discordância com falta de lealdade, ou pior, com o enfraquecimento de autoridade, não há ninguém que possa alertá-los do erro que estão cometendo.

  • Eles olham a si mesmos e à companhia como intocáveis

    Não há nada de errado em ter grandes objetivos ou um senso saudável de orgulho, mas esses líderes levam seu sucesso como 100% garantido. Eles se apaixonam tanto pelas suas ideias que acreditam que seus concorrentes nunca vão alcançá-los, as circunstâncias nunca vão mudar e que nenhum problema surgirá. Essas expectativas irreais tornam o fracasso algo inevitável. Líderes precisam constantemente questionar suas posições, especialmente quando eles estão no topo.

  • Eles não conseguem definir onde a sua companhia começa e termina

    Os líderes do estudo de Finkelstein tinham destaque na carreira e eram obcecados pela imagem da companhia. Como resultado, eles estavam muito ocupados em ser o rosto da empresa, em vez de liderá-la. Isso não leva apenas à estagnação, mas também gera desonestidade e corrupção. Um líder que vê a companhia como sua propriedade tem mais chances de esconder fatos que possam denegrir a imagem da empresa.

  • Eles ignoram alertas de problemas

    Alguns líderes estão tão apaixonados por suas visões pessoais que estão dispostos a levar a empresa ao fracasso para conseguir atingir seus objetivos. Muitos pedem sugestões e ajuda, mas eles não conseguem segui-las. A persistência é uma boa qualidade em um líder, mas isso não significa que eles devam ignorar fatos.

Eles acham que são as pessoas mais inteligentes dos lugares

Muitos líderes inteligentes sabem do seu potencial. Sua identidade se baseia exclusivamente na sua inteligência. Com isso, eles acreditam que a ajuda dos outros é desnecessária. Eles tomam decisões rapidamente e se recusam a responder questões mal-compreendidas. Entretanto, na vida real, tomar decisões com imprudência e extrema rapidez leva ao erro. A chance de fracassar é muito maior quando você não se importa com o que as outras pessoas pensam.

Comentários
Topo