Colunas

5 dicas rápidas para aumentar a energia neste final de ano

Todo fim do ano é igual: confraternizações profissionais, reencontros com amigos, reuniões familiares. Para ajudar a aguentar o período de festas, há 5 dicas rápidas e fáceis.

LEIA MAIS: 7 motivos por que ter um cachorro diminui o risco de infarto

Veja na galeria de fotos:

  • 1- Água

    O corpo humano é formado por 70% de água! A desidratação está associada ao cansaço crônico, a problemas capilares e de pele, a insônia e até ao envelhecimento precoce. Sem falar que prejudica o bom funcionamento de diversos órgãos, como rins e intestino.

  • 2- Sono

    Durante o sono, nosso organismo fortalece o sistema imunológico, produz hormônios e faz a consolidação da memória. A privação do sono, além de levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como a hipertensão arterial, também eleva o nível de estresse e cansaço do indivíduo.

  • 3- Atividade física

    Além de controlar e prevenir o surgimento de diversas doenças como hipertensão arterial, diabetes e obesidade, os exercícios também diminuem o estresse e aumentam a disposição e a sensação de bem-estar, por liberarem hormônios como a endorfina e a serotonina.

  • 4- Alimentação saudável

    Os alimentos são fonte de força e energia e, por isso, uma alimentação balanceada de proteínas, gorduras e carboidratos é fundamental. As proteínas aumentam nosso sistema imunológico. Os carboidratos são excelentes fontes de energia, assim como as gorduras (na medida certa), que também ajudam no transporte de vitaminas na corrente sanguínea.

  • 5- Evite o estresse

    O estresse eleva a produção de hormônios como adrenalina e cortisol, que favorecem o surgimento de doenças cardiovasculares. Além disso, enfraquece o sistema imunológico, tornando o indivíduo mais suscetível a infecções.

1- Água

O corpo humano é formado por 70% de água! A desidratação está associada ao cansaço crônico, a problemas capilares e de pele, a insônia e até ao envelhecimento precoce. Sem falar que prejudica o bom funcionamento de diversos órgãos, como rins e intestino.

Natalia Aarao é médica pós graduada pelo Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), atua na área da clínica médica, da cardiologia e da Tomografia e Ressonância Cardíacas, sendo membro da Sociedade Brasileira de Cardiologia e da American College of Cardiology. Trabalhou como assistente do Prof. Dr. Roberto Kalil filho e, atualmente, faz parte do Corpo Clínico dos Hospitais Albert Einstein e Sírio Libanês.

Natalia Aarao é uma colaboradora de FORBES Brasil. Sua opinião é pessoal e não reflete a visão editorial de FORBES Brasil.

Comentários
Topo