Fotos

8 lançamentos de carros de luxo no Brasil em 2016

Inovação em tecnologia, conforto e acabamento foram as tendências das últimas novidades vindas para o Brasil no Salão do Automóvel de São Paulo neste ano.

LEIA MAIS: 5 montadoras de luxo com fábricas próprias no Brasil

Marcas de luxo, como Ferrari e Audi, disponibilizaram modelos velozes e confortáveis, com aposta nos esportivos. Já a Porsche inovou ao trazer seu primeiro modelo SUV híbrido, o Cayenne S E-Hybrid que aposta na sustentabilidade sobre quatro rodas.

A Mercedes-Benz, assim como a Maserati, investiram no alto luxo com modelos de interior first-class, com acabamento exclusivo feito por estilistas além de pacotes adicionais.

E MAIS: Tesla começa a ser vendido no Brasil

Veja na galeria de fotos as oito novidades mais luxuosas do Salão do Automóvel em 2016:

  • Land Rover Discovery

    Feito 85% de alumínio (dos quais 50% são de material reciclado), o novo Discovery é mais potente e 480 kg mais leve que seu antecessor. O conceito multimídia foi levado a sério. As três telas internas são independentes, cada uma com saída para um fone de ouvido. O painel de comando é dual view, para que o motorista fique de olho na rota enquanto o passageiro vê um filme. Todos os comandos são elétricos, com exceção do ajuste dos bancos traseiros, e há nove entradas USB e duas HDMI. O modelo tem capacidade máxima para sete pessoas – e ainda sobra um pequeno espaço atrás. Com os bancos deitados, o porta-malas chega a 2.500 litros. Nesta versão, também houve aumento no espaço de armazenamento. Ao todo, são 25 compartimentos. “Foi uma disputa entre design e engenharia”, conta Massimo Frascella, designer de exteriores da montadora. Já em pré-venda na Europa, o modelo começará a ser entregue em fevereiro do ano que vem. Ainda sem preço, deve chegar ao Brasil em meados de 2017.

    Especificações: motor 3.0 V6 turbodiesel, 258 cv (340 cv na versão a gasolina); de 0 a 100 km/h em 7,1 segundos

  • Porsche Cayenne S E-Hybrid

    Este é o primeiro SUV híbrido da marca, com possibilidade do uso no modo elétrico, a gasolina ou com a combinação de ambos. O S E-Hybrid é um esportivo com acabamento de luxo e as quatro rodas na sustentabilidade: o consumo de combustível é de apenas 3,4 litros por 100 km e as emissões de CO2 são de 79 gramas por quilômetro, uma marca baixa considerando o porte do veículo. Com câmbio Tiptronic S de oito velocidades, o Cayenne utiliza um método de recarga por tomada e por recuperação de energia cinética. Dessa forma, o automóvel pode rodar até 36 km em uso cotidiano, dependendo das condições. Quanto à segurança, segue a tradição dos sistemas de frenagem dos modelos anteriores, mesmo com carga máxima e até 3.500 kg de carga de reboque.

    Especificações: motor V6 de 333 cv e de 0 a 100 km/h em 5 segundos (modo combustão); 95 cv e velocidade máxima 125 km/h (modo elétrico); 416 cv e velocidade máxima 243 km/h (modo híbrido)

  • Maserati Levante

    O novo Maserati, apresentado no Salão, faz jus à tradição de sofisticação dos carros italianos. É o primeiro SUV da marca, já disponível no mercado para pronta entrega com preços que variam de R$ 640 mil a R$ 740 mil. O modelo tem duas configurações de motor e acabamento: a Luxury e a Sport. Os bancos e a forração das portas e do teto são feitos com seda Ermenegildo Zegna. O modelo traz avançados itens de segurança, com seis airbags, monitoramento de pressão dos pneus e tecnologia projetada para prevenir colisões que inclui sensores com alerta de ponto cego e de baliza.

    Especificações: duas opções de motor: V6 Turbo Diesel, 350 cv; Twin Turbo V6 Petrol 3.0, 430 cv

  • Audi R8 V10 Plus

    A principal novidade entre os esportivos da Audi neste ano é a segunda geração do R8. Com motor de dez cilindros, o modelo vai de 0 a 100 km/h em 3,2 segundos e tem velocidade máxima de 330 km/h. Mas não é só o motor V10 que lhe permite chegar a esses números; com 1.580 kg, ele é mais leve que o anterior. Uma característica marcante no design e que oferece maior segurança é o sistema de faróis a laser, até duas vezes mais potentes que o LED comum. Ele é ativado a partir de 60 km/h, à noite, se não houver outros carros à frente – uma câmera inteligente detecta outros motoristas ao redor e ajusta o padrão dos faróis para não ofuscá-los. No volante multifuncional há um controlador de escape que deixa o ronco do motor parecido com o de um carro de corrida. Um seletor ajusta o coeficiente de atrito para três diferentes condições da rodagem: seco, molhado ou neve. É o mais recente lançamento da marca no Brasil, no valor de R$ 1,3 milhão.

    Especificações: motor central-traseiro V10, 610 cv, torque máximo a 6.500 rpm; transmissão S tronic de sete velocidades e sistema de tração Quattro renovado

  • Ferrari 488 GTB

    O modelo marca um retorno da Ferrari à sua forma clássica. A cabine mantém o estilo esportivo sem sacrificar espaço e conforto. O superesportivo chega a 330 km/h, mas são seus números de arranque que impressionam: com câmbio automático de sete marchas de dupla embreagem, vai de 0 a 100 km/h em 3 segundos e a 200 km/h em 8,3 segundos. Graças ao novo sistema de freios Brembo Extreme, a distância de frenagem é 9% menor comparada ao modelo anterior. A 488 GTB seria a grande atração da Ferrari no Salão do Automóvel de São Paulo, mas foi vendida dois dias antes da abertura do evento e foi substituída por uma California T. O preço no Brasil é de R$ 1,89 milhão.

    Especificações: motor V8 90o turbo Dry Sump, 670 cv a 8.000 rpm; tanque de 78 litros

  • Lexus RX 350

    Esse crossover de luxo é a aposta da Lexus em performance e tecnologia para 2017. Os detalhes do design são inspirados em carros de corrida. Ele é equipado com motor V6 3.5 e transmissão automática de oito velocidades. Os bancos traseiros trazem duas telas LED multimídia, entrada HDMI, CD e DVD player. O RX 350 também traz inovações em segurança: pacote multimídia com sensores de segurança e visão panorâmica, navegação 3D e tela central touchscreen e biométrica para abrir o compartimento do porta-malas. Um aplicativo mobile possibilita alguns comandos de fora do veículo, como ligar o motor, travar portas, escolher a rádio, checar o nível de combustível e localizar o carro em um estacionamento. Caso o carro tenha sido emprestado a alguém, o aplicativo notifica se o limite de velocidade foi excedido. Econômico, o sistema Valve Timing reduz as emissões de CO2 e aumenta a eficiência do combustível. Além disso, monitora o giro do motor para melhor aproveitamento do torque. No Brasil, seu valor é de R$ 355 mil.

    Especificações: motor V6 3.5; 295 cv; de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos; velocidade máxima 200 km/h

  • BMW 430i Cabrio Sport

    O conversível 430i Cabrio está mais esportivo do que nunca: tem para-choque dianteiro com aberturas de ar maiores, tração traseira e rodas de liga leve de 19 polegadas. Outros destaques são os freios ABS com controle em curva, seis airbags, controles de estabilidade e tração, direção esportiva, sensor de chuva e a tecnologia Comfort Access, de ignição sem chave. O sistema multimídia, com tela colorida de 6,5 polegadas, oferece, além da navegação, leitor de DVD e som Harman Kardon, de alta definição. O modelo está disponível nas concessionárias nacionais desde novembro, com preço sugerido de R$ 278.950.

    Especificações: motor 2.0 litros TwinPower Turbo de quatro cilindros e 16 válvulas; 252 cv; transmissão automática de oito velocidades; de 0 a 100 km/h em 5,9 segundos

  • Mercedes-Maybach S 500

    É o modelo mais apreciado da marca em termos de acabamento, opcionais e tecnologia. O design é clássico da montadora alemã, com a estrela no capô, faróis de LED e rodas com resfriamento nos discos de freio. Na dianteira, destacam-se o acabamento dominante do radiador, com grande abertura e três faixas duplas cromadas, e o duplo friso nas entradas de ar. Os bancos traseiros têm acomodação first class, acabamento de couro com apoio para cabeça, descanso para os pés, mesas laterais e geladeira. Os bancos são equipados com telas LCD touchscreen de 12 polegadas. Os opcionais incluem tapetes, banco e demais detalhes feitos com o material da escolha do cliente, além de duas taças de champanhe complementares. O valor-base é de R$ 1.128.900.

    Especificações: motor V8 biturbo 4.6; 455 cv; de 0 a 100 km/h em 5 segundos; tração traseira e transmissão automática 9G-Tronic

Land Rover Discovery

Feito 85% de alumínio (dos quais 50% são de material reciclado), o novo Discovery é mais potente e 480 kg mais leve que seu antecessor. O conceito multimídia foi levado a sério. As três telas internas são independentes, cada uma com saída para um fone de ouvido. O painel de comando é dual view, para que o motorista fique de olho na rota enquanto o passageiro vê um filme. Todos os comandos são elétricos, com exceção do ajuste dos bancos traseiros, e há nove entradas USB e duas HDMI. O modelo tem capacidade máxima para sete pessoas – e ainda sobra um pequeno espaço atrás. Com os bancos deitados, o porta-malas chega a 2.500 litros. Nesta versão, também houve aumento no espaço de armazenamento. Ao todo, são 25 compartimentos. “Foi uma disputa entre design e engenharia”, conta Massimo Frascella, designer de exteriores da montadora. Já em pré-venda na Europa, o modelo começará a ser entregue em fevereiro do ano que vem. Ainda sem preço, deve chegar ao Brasil em meados de 2017.

Especificações: motor 3.0 V6 turbodiesel, 258 cv (340 cv na versão a gasolina); de 0 a 100 km/h em 7,1 segundos

Comentários
Topo