Fotos

Paris terá o maior campus de startups do planeta

Paris terá o maior campus de startups do mundo. O projeto Station F (conhecido formalmente como la Halle Freyssinet) vai contar com escritório de empresas como Facebook e a TechShop e será financiado pelo bilionário francês Xavier Niel, de acordo com matéria do “TechCrunch”.

A diretora do projeto, Roxanne Varza, afirmou para o site: “nós estamos falando campus de startup porque o projeto é realmente muito similar a um campus universitário. Esperamos ter cerca de mil startups no local”.

LEIA MAIS: 25 próximas startups bilionárias para 2017

Roxanne forneceu mais informações sobre o campus de startups durante o Disrupt London 2016, evento que reúne empreendedores e inovadores do ramo tecnológico. De acordo com a matéria, o edifício é um monumento histórico construído em 1929, com um espaço enorme – aproximadamente 34.000 metros quadrados. O plano é permitir que as pessoas aluguem mesas por cerca de US$ 210/mensal e empresas tenham seu próprio escritório no local. O prédio será aberto no início de 2017. As inscrições para as vagas começaram ontem (5).

“É do tamanho da Torre Eiffel deitada de lado”, afirma Varza. O Facebook vai abrir um escritório no local no ano que vem. A companhia já tem um escritório em Paris, mas pretende atuar na Station F com projetos especiais ainda não divulgados. A TechShop também vai inaugurar seu primeiro escritório fora dos Estados Unidos no local.

LEIA TAMBÉM: 10 melhores startups de tecnologia fundadas por mulheres

Alguns vice-presidentes de companhias francesas de capital de risco, como a Daphni, a Ventech e a Kima Ventures, apoiada por Xavier Niel, também vão abrir um escritório no local. A Ventech, em particular, está lançando o ParisPOC, programa de imersão para empresas apoiadas pela companhia, e também pretende testar seus produtos em um novo mercado.

O local terá salas de reuniões, um auditório, uma agência de correios, uma cafeteria, um restaurante com quatro cozinhas e um bar, segundo informações do TechCrunch.

E TAMBÉM: CEOs mais admirados por fundadores de startups

O francês Xavier Niel investiu no projeto cerca de US$ 267 milhões. O empreendedor fundou a companhia de telecomunicações Free e tem alguns projetos relacionados a startups, como a Kima Ventures, e uma escola de codificação grátis.

“Essa iniciativa é 100% do Xavier”, disse Roxanne para o site de notícias. “Ele está mantendo todas as atividades de investimentos através da Kima Ventures e isso está completamente separado da Station F. O modelo de Xavier para esse projeto não é gerar nenhum tipo de receita. Isso é um monumento que será aberto 24/7, então será um projeto caro”. Aparentemente, o empreendedor também visita a obra semanalmente.

VEJA MAIS: 5 dicas para abrir a sua primeira startup

A construção foi visitada em setembro por repórteres do TechCrunch que estão curiosos para observar os efeitos que esse projeto terá no cenário de startups de Paris.

Veja na galeria de fotos o projeto Station F:

  • A obra está em andamento e conta com aspectos arquitetônicos modernos

  • Construção está prevista para ser entregue no início de 2017

  • O projeto conta com uma agência de correios e uma cafeteria

  • A Station F terá com um restaurante com quatro cozinhas e um bar

  • Os escritórios do local podem ser alugados por US$ 210 por mês

  • A construção pretende fornecer ambientes para socialização dos membros das companhias

  • O local vai contar um amplo auditório e salas de reuniões

  • O projeto conta com amplos espaços de convivência

A obra está em andamento e conta com aspectos arquitetônicos modernos

Comentários
Topo