Fotos

9 empresários e executivos que se deram bem sem cursar uma faculdade

Muitos empresários e grandes executivos possuem currículos surpreendentes com diversos cursos nas mais renomadas faculdades. No entanto, algumas figuras do mundo dos negócios alcançaram o sucesso sem um diploma universitário.

LEIA TAMBÉM: Copiar Bill Gates é uma péssima ideia se você deseja ser rico

O bilionário Bill Gates, por exemplo, entrou em Harvard em 1973 e saiu em 1975 para fundar, ao lado de Paul Allen, a Microsoft, que viria a ser a maior empresa de software do mundo. Mark Zuckerberg, cofundador do Facebook, saiu da mesma universidade para se dedicar à rede social. Hoje, sua fortuna vale US$ 71,2 bilhões.

Veja na galeria de fotos abaixo 9 empresários e executivos que se deram bem sem cursar uma faculdade:

  • 1. Silvio Santos

    Uma das figuras mais conhecidas da televisão brasileira nunca chegou a cursar uma universidade. Começou como vendedor ambulante com cerca de 14 anos e como, desde cedo, já chamava a atenção pelo potencial de sua voz, logo foi chamado para um teste na rádio Guanabara, no Rio.

    Com um patrimônio atual de R$ 1,3 bilhão, já apresentou programas em emissoras como a TV Paulista e a própria Rede Globo de Televisão nos anos 1960 e 1970. Hoje possui uma gama de empresas como a emissora de TV SBT, o Baú da Felicidade, o Hotel Jequitimar e a Jequiti Cosméticos.

  • 2. Paul Allen

    Paul Allen ingressou na Universidade do Estado de Washington, mas depois de dois anos abandonou o curso para trabalhar como programador da Honeywell, em Boston. Posteriormente, desenvolveu com Bill Gates um software e, mais tarde, fundaram a Microsoft.

  • 3. Michael Dell

    Michael Dell, dono de uma fortuna calculada em US$ 23,6 bilhões, saiu da faculdade de medicina da University of Texas Austin para criar uma empresa que venderia computadores diretamente ao consumidor, sem revenda, em 1984. Atualmente, a Dell está entre as maiores companhias de notebooks e concorre com gigantes como a Hewlett-Packard (HP).

  • 4. Li Ka-Shing

    Aos 14 anos, após a morte de seu pai, Li Ka-Shing assumiu a responsabilidade de sustentar sua mãe e os três irmãos. Trabalhou como aprendiz e promotor. Apesar das dificuldades, nunca deixou os livros. Pela dedicação e inteligência, aos 20 anos, conseguiu o cargo de gerente-geral de uma indústria de brinquedos. Dois anos depois, fundou sua primeira fábrica de produtos plásticos. Depois de anos de esforços, sua fábrica se tornou a maior base de produção de flores plásticas do mundo.

    Hoje, o empresário chinês é presidente do Grupo Cheung Kong e possui, atualmente, uma fortuna de US$ 34,2 bilhões.

  • 5. Larry Ellison

    O cofundador da Oracle entrou na Universidade de Illinois em 1962, mas, ao final do segundo ano, precisou deixar a instituição devido à morte de sua mãe adotiva. Depois, frequentou a Universidade de Chicago por um semestre, onde teve seu primeiro contato com um computador. Decidido a mudar de rumo, abandonou os estudos mais uma vez, juntou o pouco dinheiro que tinha e se mudou para o norte da Califórnia, em 1966.

  • 6. Mark Zuckerberg

    O cofundador do Facebook entrou para a Universidade de Harvard em 2002, no curso de ciência da computação, mas a abandonou em 2005 e resolveu se dedicar apenas à sua rede social. Hoje, é dono de um patrimônio de US$ 71,2 bilhões.

  • 7. Bill Gates

    O cofundador da Microsoft é um exemplo de empreendedor que não possui diploma. Ele entrou em Harvard em 1973 e saiu em 1975 para fundar a empresa com Paul Allen. Na instituição, conheceu Steve Ballmer, que se tornou CEO da empresa após sua saída do cargo, em 2000.

    Depois que saiu da faculdade, Gates desenvolveu o sistema de interpretação de linguagens de computador, ao lado de Paul Allen. Com a criação do Personal Computer (PC), em 1980, e o licenciamento de sistemas operacionais como o DOS e o Windows, Gates transformou a Microsoft em um império de programas eletrônicos. Atualmente, possui uma fortuna de US$ 88,8 bilhões e é o homem mais rico do mundo.

  • 8. Steve Jobs

    O cofundador da Apple, morto em 2011, estudou “física, literatura e poesia” na Reed College, em Portland, mas largou o curso depois de apenas um semestre. Ainda assim, continuou por 18 meses na instituição para acompanhar algumas aulas de seu interesse. Entre elas, estava um curso de caligrafia que anos mais tarde iria influenciar na tipografia do Macintosh. Em 1974, Jobs trabalhou como técnico de videogames eletrônicos na Atari e, dois anos depois, fundou a Apple.

  • 9. Hans Stern

    Em 1945, aos 22 anos, sem curso universitário, Hans Stern fundou um pequeno negócio de compra e venda de pedras no Rio de Janeiro. Hoje, a empresa que fundou, H. Stern, é uma prestigiosa joalheria com unidades em Nova York, Paris, Frankfurt e Tel Aviv. Stern morreu em 2007.

1. Silvio Santos

Uma das figuras mais conhecidas da televisão brasileira nunca chegou a cursar uma universidade. Começou como vendedor ambulante com cerca de 14 anos e como, desde cedo, já chamava a atenção pelo potencial de sua voz, logo foi chamado para um teste na rádio Guanabara, no Rio.

Com um patrimônio atual de R$ 1,3 bilhão, já apresentou programas em emissoras como a TV Paulista e a própria Rede Globo de Televisão nos anos 1960 e 1970. Hoje possui uma gama de empresas como a emissora de TV SBT, o Baú da Felicidade, o Hotel Jequitimar e a Jequiti Cosméticos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo