Fotos

Conheça os pets “oficiais” dos grandes estadistas

No dia 26 de julho, Tori, um cão SRD (sem raça definida) preto de 4 anos, foi o primeiro animal abandonado a obter o título de “primeiro-cachorro” ao ser adotado por Moon Jae-In, presidente da Coreia do Sul. O ato faz parte da promessa de campanha do sul coreano de impulsionar a conscientização sobre o crescente número de animais abandonados. Além de Tori, Jae-In tem um pungsan de 10 anos e um gato de rua.

VEJA TAMBÉM: 15 perfis de pets no Instagram que mais bombam no mundo

A afeição de grandes políticos por pets, apesar de não ser muito mencionada, não é rara. Recentemente, em entrevista à revista colombiana “Semana”, o ex-vice-presidente da colômbia Angelino Garzon admitiu ter recusado um convite para ser embaixador colombiano no Brasil por achar que Órion, seu pastor alemão, não se adaptaria ao clima.

Veja, na galeria de fotos, os estadistas e seus pets oficiais:

  • Bo e Sunny, cães d’água portugueses do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

  • O labrador Buddy e o gato Socks, do 42º presidente dos Estados Unidos Bill Clinton.

  • Lennu, o boston terrier do atual presidente da Finlândia Sauli Niinistö.

  • George W. Bush, 43º presidente dos Estados Unidos, era dono dos terriers escoceses Barney e Miss Beazley, além da springer spaniel inglesa Spot, que não aparece na imagem

  • Já o pai de George Bush, George H. W. Bush, o 41º presidente dos Estados Unidos, era dono das springer spaniels Millie (à frente) e Ranger, que não saiu na foto.

  • Nego é um dos labradores da ex-presidente brasileira Dilma Rousseff, que também contava com a companhia de Boni, Galego e Princesa e da dachshund Fafá

  • Lucky, boiadeiro dos flandres; Rex, cavalier king charles spaniel; Victory, golden retriever; Peggy, setter irlandês; Taca, husky siberiano; e Fuzzy, pastor-belga: todos eles conviveram com 40º presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan.

  • O atual presidente da Rússia Vladimir Putin é dono da akita Yume e do karakachan Buffy. O trio fica completo com o labrador Koni, que não quis posar para a foto.

  • Jimmy Carter, o 39º presidente dos Estados Unidos, tinha um carinho especial pelo border collie Grits, mas também era dono de Lewis Brown, um galgo afegão, e de Misty Malarky Ying Yang, um gato siamês.

  • Holly e Willow, corgis; e Candy e Vulcan, cruzamentos de corgi e dachshund, da Rainha Elizabeth II.

  • A poodle Vicky, o terrier Pasha e o setter irlandês King Timahoe (que não aparece na foto) eram os xodós de Richard Nixon, 37º presidente dos Estados Unidos.

  • Lyndon Johnson, o 36º presidente dos Estados Unidos, tinha um time de mascotes. Um deles era o beagle Him, mas também havia Her, Edgar e Freckles, da mesma raça, o collie Blanco e a SRD Yuki.

  • Harry Truman, o 33º presidente norte-americano, era dono do cocker spaniel inglês Feller e do setter irlandês Mike, ausente na foto.

  • Franklin Roosevelt, o 32º presidente dos Estados Unidos, também não se contentou com apenas um fiel amigo. Era dono de Major, pastor-alemão; Fala e Meggie, terriers escoceses; Winks, setter inglês; Tiny, old english sheepdog; e President, dogue alemão.

Bo e Sunny, cães d’água portugueses do ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo