Carreira

10 coisas que você nunca deve dizer sobre si mesmo

Fomos ensinados que é importante nos valorizar ao construir nossas marcas pessoais, mas esse é um conselho terrível. Quanto mais renomada for uma pessoa, menor será a probabilidade de ela elogiar a si mesma. Quando alguém é realmente bom, os outros o enaltecem, mas ele não. Esse tipo de pessoa não precisa nem quer isso.

LEIA MAIS: 20 frases de mulheres bem-sucedidas para inspirar

Quem se exibe por suas credenciais, geralmente, tem medo de ninguém o respeitar se as conquistas não forem devidamente realçadas.

O respeito dos outros surge quando aprendemos a nos respeitar. É isso que torna alguém digno de respeito, e não se enaltecer por meio de palavras e frases soltas no currículo ou na apresentação do perfil no LinkedIn.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 10 frases para nunca dizer sobre si mesmo:

  • 1. “Eu sou um disruptor”

    Essa é a pior escolha de propaganda pessoal possível. É como dizer “eu entro nas situações e causo rupturas”. Alguém que segue seu caminho vai em direção a algo, a uma visão que criou. Não sai por aí atrás de mudar as coisas que outras pessoas fizeram. “Disruptor” é a escolha de autopromoção mais juvenil e rasa que você pode fazer.

  • 2. “Eu sou um agente de mudanças”

    Essa é uma outra frase clichê grotesca da autopromoção que precisa desaparecer. Se você sabe para onde vai, o que quer criar no mundo ou promover, então, conte sobre isso. Não fale que você entra nas empresas para fazer mudanças.

  • 3. “Sou um especialista no meu campo”

    Deixe que as outras pessoas chamem você de especialista. Elas ficarão felizes de fazer isso se você as ajudar a resolver um problema. Não se humilhe para exaltar a si mesmo. Isso tira todo o seu poder.

  • 4. “Eu sou criativo”

    Conte o que você criou para que as pessoas possam decidir por conta própria se você é criativo ou não.

  • 5. “Eu sou nacionalmente ou mundialmente reconhecido”

    Isso é algo bobo e vergonhoso de dizer sobre si, porque, se for verdade, não é preciso falar. Conte sobre o que importa, e não sobre o que outras pessoas pensam sobre você.

  • 6. “Eu sou um líder no meu campo de atuação”

    Isso é algo que cabe aos outros decidir, não a você.

  • 7. “Eu estudei em uma faculdade renomada e tive os melhores empregadores”

    Com 30, 40 ou até 50 anos de idade, você acredita que seu valor no mundo estará atrelado às nobres faculdades que frequentou ou às empresas em que trabalhou? É melhor que não. Essas são partes importantes da sua história, mas você seria incrível sem elas e é importante se questionar sobre isso. Conte sobre o que inspira você.

  • 8. “Eu sou editor, escritor, produtor e web designer”

    O problema de várias denominações na sua autopromoção é que elas reduzem você a um pacote de habilidades. Você é muito mais que isso. Conte sobre o que pretende fazer com essas capacitações e como elas podem contribuir para ajudar alguém a fazer seu negócio crescer.

  • 9. “Eu trabalho duro”

    Se alguém quer contratá-lo simplesmente porque você trabalha muito, é bom não aceitar a vaga. Você deve trabalhar para uma pessoa que respeite sua mente brilhante e suas ideias incríveis, não o fato de se esforçar para valer.

  • 10. “Eu sou um profissional guiado por resultados”

    Essa frase é tão genérica e fraca que passa a imagem de uma pessoa sem opinião e personalidade. Você tem ambas as características. Utilize-as!

1. “Eu sou um disruptor”

Essa é a pior escolha de propaganda pessoal possível. É como dizer “eu entro nas situações e causo rupturas”. Alguém que segue seu caminho vai em direção a algo, a uma visão que criou. Não sai por aí atrás de mudar as coisas que outras pessoas fizeram. “Disruptor” é a escolha de autopromoção mais juvenil e rasa que você pode fazer.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Comentários
Topo