Fotos

5 exemplos práticos de como o blockchain será usado em 2018

O potencial da tecnologia blockchain de transformar quase todas as indústrias não deve ser ignorado, apesar de ainda haver muitos desafios a serem superados antes de podermos presenciar seu grande impacto.

LEIA MAIS: Dubai irá se tornar o primeiro governo movido por blockchain

Líderes da maiores instituições financeiras, onde a segurança é primordial e as mudanças muitas vezes são alvo de resistência, enxergam tantas possibilidades no blockchain que estão dispostos a investir milhões em recursos para aprender como implementar a tecnologia da melhor forma. E eles não são os únicos: qualquer empreendedor com propriedade digital valiosa, desde contatos a contratos que precisa proteger, pode encontrar uma causa legítima para utilização do blockchain.

Os blockchains, sejam públicos ou privados, consistem em livros de registros em tempo real armazenados de uma forma distribuída, ponto a ponto, independente de qualquer autoridade central. Uma vez que cada registro é criptografado e marcado com horário, somente os usuários podem acessar e editar o bloco que “possuem” por meio de uma chave privada, o que torna a tecnologia muito segura. Cada bloco está vinculado ao anterior e ao posterior, e sempre que uma mudança é feita, toda a cadeia é atualizada. O blockchain ajuda a proteger e a agilizar as transações de forma eficiente sem exigir intermediários para gerenciar o processo. A tecnologia é revolucionária em termos de manutenção de registros e pode acompanhar e documentar todas as alterações em uma transação.

A novidade tem potencial para mudar muitos dos sistemas com os quais lidamos diariamente. Veja, na galeria de fotos a seguir, 5 exemplos de como o blockchain será usado em 2018:

  • 1) Gestão de contratos e contratos inteligentes

    Qualquer indústria que depende de contratos, como seguros, bancos, imóveis, construção, entretenimento e legislação, pode se beneficiar da forma como o blockchain atualiza, administra, rastreia e protege documentos. Os contratos inteligentes, aqueles incorporados com instruções e executados sem o envolvimento de um intermediário, também usarão a tecnologia.

  • 2) Processamento de pagamentos e moedas

    Mesmo que você não use o Bitcoin, a mais famosa moeda digital, que opera por meio do blockchain, a influência da tecnologia só tende a aumentar. O blockchain tem potencial de ser altamente transformador para qualquer empresa que processe pagamentos, uma vez que pode eliminar a necessidade de intermediários, comuns atualmente nesse tipo de operação.

  • 3) Gestão da cadeia de abastecimento

    O blockchain é ideal para gerenciar processos onde há constantes mudanças nos valores ou nos status dos ativos. Por isso, alguns especialistas acreditam que a tecnologia pode se tornar um “sistema operador da cadeia de abastecimento”. Ela já está sendo usada pelo Walmart e seu Food Safety Collaboration Center, em Pequim, para rastrear detalhes das fazendas de origem, números de lote, dados de fábrica e de processamento, datas de validade e temperatura de armazenamento.

    O blockchain possibilita atualizações imediatas sobre produtos e aumenta a segurança e a visibilidade da cadeia de suprimentos. A tecnologia oferece um sistema de rastreamento imediato e indiscutível para qualquer indústria que precise dele.

  • 4) Proteção de ativos

    A nova tecnologia pode, por exemplo, ajudar um músico a garantir os ganhos com os royalties de suas músicas ao criar um registro de propriedade em tempo real. Esse é o serviço que a startup global Everledger pretende fazer usando blockchain e contratos inteligentes. Especificamente criado para melhorar as medidas contra falsificação para produtos farmacêuticos, itens de luxo, diamantes e eletrônicos, o BlockVerify permite às empresas registrar seus próprios produtos e introduz transparência nas cadeias de suprimentos.

  • 5) Identificação, sistemas de registro pessoal e senhas

    Os governos administram grandes quantidades de dados pessoais, de certidões de nascimento, óbito e casamento a passaportes e dados dos censos. O blockchain oferece uma solução simplificada para gerenciar tudo de forma segura. A identificação pessoal é o que uma startup chamada Onename deseja gerenciar. Além de oferecer serviços para registrar e gerenciar uma identidade blockchain, a empresa disponibiliza um produto chamado “cartão de acesso”, que ela pretende usar como uma chave digital para substituir todas as senhas e logins exigidos para indivíduos, incluindo as informações da carteira de motorista. O ShoCard é outro sistema de gerenciamento de identidade em uso atualmente que ajuda pessoas e empresas a validar a identidade rapidamente.

1) Gestão de contratos e contratos inteligentes

Qualquer indústria que depende de contratos, como seguros, bancos, imóveis, construção, entretenimento e legislação, pode se beneficiar da forma como o blockchain atualiza, administra, rastreia e protege documentos. Os contratos inteligentes, aqueles incorporados com instruções e executados sem o envolvimento de um intermediário, também usarão a tecnologia.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br)

Comentários
Topo