Os melhores lugares do mundo para ver OVNIs

Segundo o National UFO Reporting Center, foram notificadas mais de 4.881 aparições de OVNIs nos Estados Unidos em 2017. O número leva os entusiastas da vida extraterrestre a imaginarem quantas outras milhares de visitas não reportadas aconteceram.

VEJA TAMBÉM: Pesquisadores buscam projetos alienígenas de engenharia espacial

O que antes era tema de conversas clandestinas vem se transformando em um fascínio internacional. Ano após ano, turistas visitam locais onde as aparições de objetos voadores não identificados (OVNIs) ficaram famosas. Até o Pentágono admitiu a existência de um programa secreto para investigar visões relatadas por pilotos militares. A instituição diz que a iniciativa foi finalizada há seis anos, mas muitos ainda acreditam que ela ainda esteja em atividade.

A atração pelo desconhecido motiva a exploração de áreas únicas no mundo todo, onde os visitantes podem refletir, à sua maneira, sobre os mistérios do universo ou passar contemplar visões históricas.

Veja, na galeria de fotos, os melhores lugares do mundo para turismo OVNI:

  • Chile

    O Chile é considerado por muitos o país com o maior número registrado de aparições de OVNIs. Devido à baixa umidade, alta atitude e céus limpos, com pouca poluição, o país tornou-se um dos favoritos dos caçadores de OVNIs do mundo todo. Por lá foi lançado o CEFAA (Comitê para Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos), um órgão do governo que identifica UAPs (Fenômenos Aéreos Não Identificados) sob controle da Força Aérea Chilena.

  • Observatório Paranal (norte do Chile)

    Localizado no Deserto do Atacama, no Chile, o Observatório Paranal é um dos melhores lugares de observação astronômica do mundo e é um local emblemático para a astronomia terrestre da Europa. Ele abriga grandes telescópios, incluindo o Very Large Telescope, o VISTA e o VLT Survey Telescope.

    O ESO Hotel e o La Residencia, adjacentes ao Observatório Paranal, oferecem acomodação apenas para o staff e para a imprensa. Os turistas não são autorizados a passar a noite por lá. Para chegar ao observatório, aberto apenas aos finais de semana e com reserva antecipada, basta uma viagem de carro de duas horas a partir do aeroporto Cerro Romeno.

  • Atacama Large Millimeter Array Observatório (norte do Chile)

    O Atacama Large Millimeter Array é o rádio-observatório mais ambicioso do mundo. Diferentemente dos telescópios óticos, radiotelescópios são desenhados para capturar ondas de rádio emitidas por fontes no espaço. Esse é um segmento do espectro eletromagnético que permite que os pesquisadores deem uma olhada mais próxima no universo. O ALMA tem 66 antenas: 54 antenas de 12 metros de diâmetro e 12 de 7 metros de diâmetro.

    O local é aberto todos os sábados e domingos para quem quiser visitar sua estrutura localizada no norte do Chile (a 40 quilômetros de San Pedro de Atacama). Os visitantes podem ver a ALMA Operations Support Facility (OSF), onde os funcionários do observatório trabalham e de onde é possível observar a sala de controle, os laboratórios e o transportador de antenas. A área de Chajnantor Plateau (onde fica o maior número de antenas) não é aberta ao público.

  • San Clemente UFO Trail (San Clemente, Chile)

    San Clemente, no Chile, é considerada a capital não oficial dos OVNIs no mundo. Pesquisadores dizem que centenas de aparições de objetos não identificados foram reportadas por lá, quase uma por semana. A área é tão popular que o órgão responsável pelo turismo chileno estabeleceu uma trilha oficial de OVNIs em 2008. O percurso de 30 quilômetros passa pelas montanhas dos Andes, próximo a locais onde encontros foram reportados.

    A experiência inclui o Lago Colbún, cuja popularidade entre os OVNIs é atribuída ao seu elevado conteúdo mineral. Mas o local mais importante da trilha é El Enladrillado, uma área plana enorme e bizarra formada por 200 blocos vulcânicos perfeitamente cortados que foram supostamente posicionados por civilizações antigas. São necessárias quatro horas para se chegar ao local, a cavalo, e muitos acreditam que seja uma área de pouso para naves extraterrestres.

  • Elqui Domos Astronomical Hotel (norte do Chile)

    Estabelecimento pequeno, com uma década de funcionamento no coração do Vale de Elqui, um pequeno vale localizado no meio dos Andes. O hotel é equipado com um restaurante, um observatório astronômico, uma piscina externa e 11 quartos com ar condicionado e aquecedor. Os quartos são divididos entre sete domos geodésicos e quatro cabines em estilo de observatório.

    Os domos têm banheiro particular, uma sala de estar no primeiro andar e uma cama no mezanino, de onde se pode abrir o telhado do domo e observar o céu.

    O Vale de Elqui é muito conhecido por seu céu limpo e pelo clima agradável, assim como por seu grande potencial para observação de OVNIs e para estudar astronomia.

  • Tour Andes UFO

    Essa excursão a cavalo pelos Andes, junto das trilhas dos cowboys locais, é uma aventura que leva os turistas por uma paisagem natural e selvagem sob um céu azul perfeito ao longo do rio Cochiguaz. Os turistas são acompanhados por um guia treinado que os ensina sobre o céu utilizando um telescópio de 12 polegadas, enquanto senta ao redor de uma fogueira e bebe pisco sours.

    A manhã seguinte é uma viagem ao observatório científico de Cerro Tololo, que inclui uma visita à estrutura do observatório e apresenta a pesquisa feita no complexo. Em seguida, uma passada rápida em um hotel em Vicuña antes de uma visita noturna ao observatório.

  • Wiltshire, Inglaterra

    Padrões misteriosos apareceram nos campos de Wiltshire, a apenas 1,6 quilômetro da igualmente bizarra Stonehenge. Muitas aparições ocorreram lá, incluindo a de um grande objeto em formato de disco pairando sobre o local. O monumento pré-histórico inclui um anel de pedras massivas que data de de cerca de 3100 a.C. e é listado como um patrimônio da humanidade. Os apoiadores da teoria de que alienígenas antigos construíram o ponto turístico também consideram que a área é um local de pouso para naves espaciais ou um ponto de referência para extraterrestres.

  • Área 51, Nevada (S4 Papoose Mountain)

    A instalação militar norte-americana localizada a quase 160 quilômetros ao norte de Las Vegas é comumente conhecida por adeptos das teorias da conspiração OVNI como uma localização que o governo dos Estados Unidos se recusou a reconhecer. Eles acreditam que a área seja um local de armazenamento para a análise de uma nave espacial alienígena acidentada – incluindo seus ocupantes, tanto vivos quanto mortos -, assim como materiais recuperados em Roswell. Afirmam, ainda, que o local seja utilizado para fabricar foguetes com base em tecnologia extraterrestre.

    Alguns ufólogos estão dizendo agora que a Área 51 teria sido trocada por um porão secreto descoberto na base da cordilheira Papoose, no Condado de Lincoln, Nevada, onde naves espaciais alienígenas recuperadas e seres extraterrestres são mantidos escondidos.

  • Viagem de caça PLANETXV UFO

    Essa viagem leva os turistas a locais perto da famosa Área 51, partindo de Las Vegas, para explorações noturnas. Como o local é um destacamento altamente secreto da Base Aérea de Edwards, então há um limite de quão perto os visitantes podem chegar.

  • Sedona, Arizona

    A cidade de Sedona, no Arizona, é um dos destinos mais populares dos Estados Unidos para procurar OVNIs. Passeios noturnos saem com visitantes equipados com óculos de visão noturna, binóculos e telescópios. A quantidade de atividade registrada é espantosa, incluindo aparições reportadas de esferas, portais, aliens e até mesmo do lendário Pé-Grande no deserto.

    O misterioso Bradshaw Ranch também atrai muitos turistas. Localizado nas profundezas da floresta nacional, conta-se que foi confiscado pelo governo dos Estados Unidos porque era lar de um dos mais poderosos portais interdimensionais do planeta. Os visitantes não podem entrar na floresta nacional à noite, mas muitas operadoras de turismo organizam passeios que ficam até o crepúsculo. Segundo as contas, é na última hora do pôr-do-sol que muitos desses fenômenos ocorrem. Há até mesmo relatos mais chocantes de uma base subterrânea no rancho, assim como um sistema sofisticado de túneis, possivelmente utilizado tanto por extraterrestres quanto pelo exército dos EUA.

  • Tour Sedona UFO

    Essa viagem começa com uma caminhada de meditação de duas horas em Amitabha Stupa, o vórtex mais espiritualizado de Sedona. Os guias conduzem os turistas por uma meditação guiada e até oferecem um tour em vídeo paranormal. Depois do pôr-do-sol, é possível visitar um local conhecido por alta atividade de OVNIs onde a empresa garante aparições utilizando óculos especiais de visão noturna.

  • Wycliffe Well, Austrália

    OVNIs não são uma visão incomum em Wycliffe Well. Eles são conhecidos por aparecerem no início da estação seca, de maio a outubro. A cidade está localizada no Território do Norte, ao longo da Stuart Highway, entre Alice Springs e Tennant Creek, e é considerada a capital OVNI da Austrália. A região é conhecida por ser um dos cinco principais locais de objetos voadores não identificados do mundo e garante uma aparição a cada dois dias. Os visitantes podem se hospedar em cabines no Wycliffe Well Holiday Park, localizado a 380 quilômetros de Alice Springs.

  • M Triangle, Rússia

    Esse famoso local fica em uma área remota perto dos Montes Urais, na Rússia. O M Triangle é um dos lugares mais misteriosos do mundo e foi descoberto na década de 1980, em meio a relatos de relógios que param e luzes brilhantes e coloridas que aparecem nos céus. Os ufólogos consideram isso um sinal de fraturas subterrâneas, de onde são emitidas fortes energias. Esse duto de onda para energia eletromagnética normalmente resulta em cores, sons e outros fenômenos.

    O vilarejo de Molyobka está na fronteira das regiões de Perm e Sverdlovsk. Do lado oposto ao do vilarejo, na margem esquerda do Rio Sylva, está o famoso Molyobka Triangle. Quando o geólogo Emil Bachurin encontrou uma impressão circular de 20 metros quadrados na neve na década de 1980, a área rapidamente se tornou um local popular entre exploradores e entusiasta de Yetis, OVNIs, esferas brilhantes e plasmoides.

    A área está atualmente sendo palco da construção de um parque OVNI, e empreendedores locais estão erguendo hotéis e observatórios para turistas, assim como instalando medidores de gravidade, câmeras infravermelhas e sensores de campo magnético. O turismo de OVNIs também é popular na vizinha Tolyatti, onde os visitantes podem ver alguns dos maiores círculos em plantações do mundo.

  • Joshua Tree, Califórnia

    O Joshua Tree fica na 29 Palms Highway, a cerca de três horas de carro do aeroporto internacional de Los Angeles. A área é conhecida por ter muitos lençóis freáticos com alto conteúdo mineral. O Joshua Tree National Park já foi lar de 300 minas e inclui um monte de cristal quartzo branco único atrás da Giant Rock. Os visitantes normalmente buscam a base alienígena escondida que supostamente fica em algum lugar do extenso deserto.

  • Expedição por Joshua Tree com o ufólogo Steven Greer

    O Dr. Steven Greer é um ufólogo controverso que fundou o Center for the Study of Extraterrestrial Intelligence (CSETI) e o Disclosure Project, que busca a divulgação de informações supostamente escondidas. Cada expedição de uma semana é limitada a cerca de 25 turistas e inclui um programa de treinamento intensivo com o especialista.

  • Contato no deserto

    Nos últimos cinco anos, pesquisadores de OVNIs – de profissionais a fãs – frequentam o California High Desert para um longo final de semana de palestras e workshops sobre o inexplicado. O Woodstock da ufologia é um final de semana de educação sobre a ciência dos objetos voadores e da vida extraterrestre, aliens anciãos, origens humanas, círculos em plantações, publicidade do governo, aparições e vida interplanetária.

  • Roswell, Novo México

    Roswell tem estado no coração da cena OVNI desde julho de 1947, quando o exército anunciou ter encontrado os restos de uma nave espacial que se acidentou no deserto próximo. Desde o lendário incidente, adeptos de teorias da conspiração alienígenas dizem que os restos de um disco voador, e até mesmo de ETs mortos, foram secretamente armazenados.

    Visitas ao local do acidente são difíceis, então muitos turistas visitam o Roswell Spacewalk e o International UFO Museum and Research Center.

  • Roswell UFO Festival

    A cada final de semana de 4 de julho, a cidade de Roswell organiza o UFO Festival, uma celebração da vida extraterrestre. Milhares de pessoas se encontram na Main Street para concursos de fantasia, enquanto um longo final de semana de palestras e autógrafos é organizado pelo Roswell’s International UFO Museum.

Chile

O Chile é considerado por muitos o país com o maior número registrado de aparições de OVNIs. Devido à baixa umidade, alta atitude e céus limpos, com pouca poluição, o país tornou-se um dos favoritos dos caçadores de OVNIs do mundo todo. Por lá foi lançado o CEFAA (Comitê para Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos), um órgão do governo que identifica UAPs (Fenômenos Aéreos Não Identificados) sob controle da Força Aérea Chilena.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).