3 ações diárias para manter o equilíbrio entre vida profissional e pessoal

Tudo na vida é uma questão de equilíbrio, e o trabalho se tornará menos realizador se o seu tempo livre não for tranquilo, alegre e divertido (iStock)

Qual a sua experiência pessoal depois que sai do trabalho? Você está passando seu tempo fazendo o que ama ou está sem energia para fazer qualquer coisa além de se recuperar para o dia seguinte?

LEIA MAIS: 10 melhores aplicativos de meditação e mindfulness

Nós passamos muito tempo exercendo nossa atividade profissional e, segundo os coaches, a dica é maximizar os esforços, energizar-se e aperfeiçoar a presença executiva. Se você não estiver se divertindo no trabalho, é hora de refletir. Tudo na vida é uma questão de equilíbrio, e o trabalho se tornará menos realizador se o seu tempo livre não for tranquilo, alegre e divertido.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 3 ações diárias para manter o equilíbrio entre a vida profissional e a pessoal:

  • 1) Organize suas tarefas diárias

    Foque 70% do seu tempo em atividades de alto valor HVA (high-value activities, em inglês), aquelas que dão energia e mais colaboram com a empresa. Sempre haverá diversas distrações para atrapalhar sua rotina profissional, por isso é preciso rastrear as atividades HVA e as de baixo valor (LVA, low-value activities, em inglês). Decida dedicar a maior parte do seu tempo às tarefas HVA nos próximos 60 dias. Delegar tarefas de forma eficiente aumenta a quantidade de tempo que você terá para focar em ações que farão a diferença.

  • 2) Honre seus limites

    Você está honrando os seus compromissos pessoais? Todos nós evitamos situações desconfortáveis com outras pessoas, mas isso tem um custo muito alto. À medida que cedemos nosso poder e comprometemos nossa integridade, nós, inadvertidamente, ensinamos ao nosso cérebro de que é aceitável não honrar nossa vida pessoal. Organize um novo sistema com limites e comportamentos saudáveis capaz de consolidar o fato de que um compromisso da sua vida pessoal é tão importante quanto um do trabalho.

  • 3) Adote práticas de mindfulness

    Se você ainda não tem uma prática de mindfulness, talvez seja o momento de incorporar pelo menos uma a sua rotina diária. Uma das maiores causas do estresse é a repetição de um certo pensamento. O cérebro desencadeia um antigo padrão de pensamento e o retém. O mindfulness nos ensina o ignorar isso e reconhecer o que ele realmente é: um padrão do qual temos a chance de sair. A meditação mindfulness restaura o cérebro e instala uma nova rede neurológica. Estudos mostram que, se você praticar o suficiente, você pode treinar o seu cérebro como um músculo para se manter calmo e presente em situações de estresse.

1) Organize suas tarefas diárias

Foque 70% do seu tempo em atividades de alto valor HVA (high-value activities, em inglês), aquelas que dão energia e mais colaboram com a empresa. Sempre haverá diversas distrações para atrapalhar sua rotina profissional, por isso é preciso rastrear as atividades HVA e as de baixo valor (LVA, low-value activities, em inglês). Decida dedicar a maior parte do seu tempo às tarefas HVA nos próximos 60 dias. Delegar tarefas de forma eficiente aumenta a quantidade de tempo que você terá para focar em ações que farão a diferença.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).