5 motivos para visitar Lisboa nesta época do ano

iStock
A cidade é o local de origem de um dos doces mais deliciosos do planeta: o pastel de Belém

Com 290 dias de sol, a capital de Portugal está localizada a 30 minutos de belas praias de areia branca, onde você pode aproveitar o excelente clima. Lisboa também está repleta de história, cultura e o melhor de tudo: é o local de origem de um dos doces mais deliciosos do planeta: o pastel de Belém.

LEIA MAIS: 17 melhores destinos de viagem em 2018

A cidade possui um cenário gastronômico incrível, com restaurantes de chefs renomados, como José Avillez, e bares em coberturas com belas vistas. Para quem gosta de cultura, um novo museu de arte, MAAT, acaba de ser inaugurado.

Veja, na galeria de fotos abaixo, 5 motivos para visitar Lisboa nesta época do ano:

  • 1) Gastronomia: novos restaurantes de jovens chefs

    O nativo Diogo Correia cresceu em uma família gastronômica, proprietária de uma cafeteria em Sintra: Búzio Café, na Praia das Maçãs. Os tours guiados por Correia, Lisbon Foodie Walks, refletem o seu interesse na cozinha portuguesa. As excursões incluem visitas a docerias, restaurantes, cafeterias e a lugares conhecidos apenas por moradores locais. O guia também oferece um tour por três novos restaurantes de jovens chefs: Watt, de Kiko Martins; Restaurante Pesca, de Diogo Noronha; e o Bairro do Avillez, o mais recente empreendimento de José Avillez, um complexo que reúne quatro restaurantes diferentes e um bar com acesso por meio de uma porta “secreta”.

  • 2) Cultura: MAAT, o novo museu de arte à beira-mar

    O MAAT, novo museu de arte, arquitetura e tecnologia, próximo à Belém, foi projetado pela empresa de arquitetura britânica Amanda Levete Architects. O design curvado, semelhante a uma onda, oferece sombra aos visitantes, que podem andar sobre, sob ou dentro no museu. Depois de visitar as exibições nas galerias, não deixe de ir à cobertura, que oferece vistas encantadoras de Lisboa e do rio Tejo.

  • 3) Compras: lojas temáticas

    É possível encontrar excelentes produtos de couro feitos em Portugal, assim como artigos de cerâmica e sabonetes, em áreas como Príncipe Real e Chiado. O número de lojas temáticas parece aumentar cada vez mais pela cidade. A The Feeting Room, localizada no meio do distrito histórico de Chiado, é uma das mais interessantes. Entre os produtos de lifestyle na loja de designers portugueses, os acessórios e itens de decoração coloridos de Ana Romero se destacam. Depois do lançamento da marca em Nova York, em 2012, uma de suas capas de iPhone foi usada na série “Gossip Girl”. Hoje, almofadas, clutches e acessórios de Romero são vendidos internacionalmente, por lojas como a Barneys, em Nova York, e a Liberty, em Londres. Uma visita à A Vida Portuguesa, também em Chiado, é essencial. A loja vende marcas portuguesas vintage e produtos que estavam desaparecendo do mercado, e da memória, nacional, até que uma ex-jornalista decidiu dar vida a esses itens.

    Próximo de Chiado, mais acima da colina, Príncipe Real tem uma variedade de lojas temáticas, incluindo a Embaixada, do século 18, onde uma série de quartos exibem produtos de marcas portuguesas nos dois andares. A Loja Real tem itens de vestuário e objetos de design e lifestyle. A Amazing Store oferece produtos inovadores que não fazem mal ao meio ambiente, muitos feitos de madeira, incluindo relógios, óculos de sol e fantásticos alto-falantes de bambu. Antes de deixar a área, compre sabonetes caseiros em designs vintage com lindas embalagens, na Claus Porto, que completa 130 anos em 2018.

  • 4) Bares e restaurantes em coberturas

    4. Rooftop terrace bars and restaurants

    Com o clima ensolarado de Lisboa, não faltam restaurantes e bares em coberturas, onde é possível observar a cidade. Dois dos mais novos valem a visita. Do Sky Bar, localizado no nono andar na Tivoli Avenida Liberdade, você verá o Castelo de São Jorge à esquerda, o Rio Tejo no fundo e a linha do horizonte. O glamuroso bar oferece uma grande variedade de drinques, dos clássicos às novas criações, como o Sweet Bastard, que combina cacau com marmelada.

    O terraço no hotel Memmo Príncipe Real também é uma excelente opção. Localizado em uma rua estreita e em um pequeno túnel, o visitante tem a sensação de ter descoberto um local secreto com vistas da cidade de tirar o fôlego. Depois dos coquetéis no terraço, o restaurante Café Príncipe Real oferece uma satisfatória seleção de pratos portugueses e internacionais, o que reflete as influências de Portugal ao redor do mundo, especialmente no Brasil, África e Ásia. O menu do jovem chef português Vasco Lello inclui deliciosos frutos do mar, como bacalhau à Brás, uma garoupa apetitosa, curry de camarão e coco, e lombo de corvina com mexilhões, amêijoas, coentro e limão.

  • 5) Sintra, um Patrimônio Mundial da Unesco

    O destino é uma rápida viagem de cerca de uma hora de Lisboa, mas os viajantes podem optar por passar a noite em um hotel glorioso, como o Palácio de Seteais, propriedade construída em 1787 que é considerada um Patrimônio Mundial da Unesco. Localizado na encosta de montanhas em Sintra, o hotel possui vistas incríveis do Castelo Moorish e do Palácio Pena. O local foi originalmente construído para o cônsul holandês Daniel Gildemeester, nas terras fornecidas pelo Marquês de Pombal. Depois da morte do cônsul, o palácio pertenceu a diversas famílias portuguesas nobres antes de se tornar um hotel Tivoli, em 1955. Os 30 quartos, suítes e áreas públicas estão cheios de tesouros do século 18: belas tapeçarias, murais, carpetes artesanais e um raro Roccoco Grand piano com um topo pintado à mão, um dos cinco existentes no mundo. As refeições no restaurante Seteais, especializado em cozinha portuguesa fina, tornam-se mais especiais com a presença de um harpista no café da manhã e um pianista no jantar.

    Além da piscina externa com lindas vistas e duas quadras de tênis, um novo e pequeno spa, que possui três salas em antigos quartos de funcionários, foi reaberto recentemente. O local oferece uma grande variedade de tratamentos, de “wraps” a massagens e processos faciais, usando somente produtos naturais da Biologique Recherche. O hotel oferece muitas atividades ao ar livre, incluindo um passeio de carruagem ao Palácio de Monserrate e à vila Monserrate e um tour noturno privado no Palácio Pena.

1) Gastronomia: novos restaurantes de jovens chefs

O nativo Diogo Correia cresceu em uma família gastronômica, proprietária de uma cafeteria em Sintra: Búzio Café, na Praia das Maçãs. Os tours guiados por Correia, Lisbon Foodie Walks, refletem o seu interesse na cozinha portuguesa. As excursões incluem visitas a docerias, restaurantes, cafeterias e a lugares conhecidos apenas por moradores locais. O guia também oferece um tour por três novos restaurantes de jovens chefs: Watt, de Kiko Martins; Restaurante Pesca, de Diogo Noronha; e o Bairro do Avillez, o mais recente empreendimento de José Avillez, um complexo que reúne quatro restaurantes diferentes e um bar com acesso por meio de uma porta “secreta”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).