Brasileiro põe mansão em Hibiscus à venda por US$ 38 mi

Brasileiro põe mansão em Hibiscus à venda por US$ 38 mi - Reprodução Andy Frame
A propriedade de Hibiscus Island está à venda por US$38 milhões

Durante esta semana, o empresário brasileiro José Carlos Pontes colocou sua casa de cinco quartos na ilha de Hibiscus, em Miami Beach, à venda por US$ 38 milhões – um recorde de preço para a pequena ilha em Biscayne Bay.

VEJA TAMBÉM: O raio-x dos investimentos brasileiros em Miami

Pontes é co-fundador do Marquise Group no Brasil, uma holding que começou na construção e expandiu para incluir hospedagem, mídia e serviços financeiros. Reinaldo Borges, da Borges + Associates em Miami, foi o responsável por projetar a mansão de estilo contemporâneo, concluída em 2016. Alguns dos outros projetos do arquiteto incluem o Royal Palm South Beach, em Miami Beach, e a American Airlines Arena, em Miami.

No térreo, a residência abriga sala de estar e de jantar, ambas com piso em mármore, cozinha com paredes em granito preto e cinza e um home theater com estrutura à prova de som. No andar superior ficam outra sala de estar, sala de jogos infantil e cinco quartos. No telhado, há um deque de madeira Ipê e uma cozinha ao ar livre.

Os dois terraços têm vista para o horizonte de Miami. Há uma piscina de borda infinita, uma pequena piscina infantil e uma doca grande o suficiente para acomodar um iate, de acordo com a agência de publicidade Sonia Gherardi, da ONE Sotheby’s International Realty.

Hibiscus fica localizada em um agrupamento de três ilhas artificiais criadas há quase 100 anos pelo Corpo de Engenheiros do Exército, enquanto retiravam os detritos da baía entre Miami Beach e o centro de Miami. Todas as ilhas têm acesso à ponte General Douglas MacArthur Causeway. Além da casa dos Pontes, atualmente, existem 18 propriedades à venda em Hibiscus que variam de US$ 1,6 milhão a US$ 17,8 milhões.

E AINDA: Miami terá empreendimento ideal para brasileiros

A ilha é a menos glamorosa das três irmãs. Palm Island, a mais próxima de Hibiscus, teve moradores famosos como Al Capone e Nick Nolte. A Star Island tem sido o lar de Gloria Estefan, Don Johnson e Rosie O’Donnell. Hibiscus ainda não tem sua própria lista de moradores ilustres.

Brasileiro põe mansão em Hibiscus à venda por US$ 38 mi - Reprodução Andy Frame
Vista do deck para o horizonte de Miami

“É um preço ambicioso para a ilha de Hibiscus”, disse o agente imobiliário Jeri Jenkins, da Coldwell Banker, em South Beach, que morava lá. “Tivemos vendas perto desse nível nas outras ilhas, mas não em Hibiscus.”

Não é a primeira vez que um proprietário de algo na ilha de Hibiscus estabelece um preço de cair o queixo. O ex-piloto de Fórmula 1 Eddie Irvine colocou uma casa à venda lá por US$ 30 milhões em 2015. Ela ficou no mercado por dois anos e não houve negociação. Agora, está disponível para locação por US$ 180 mil por mês, segundo o Zillow, site de compra, venda e locação de imóveis.

As vendas de propriedades de luxo na Flórida foram impulsionadas pela nova lei fiscal federal que entrou em vigor em 1º de janeiro. Durante os primeiros três meses de 2018, casas unifamiliares de Miami colocadas à venda com preços acima de US$ 1 milhão aumentaram 16% em comparação com o mesmo período um ano antes, de acordo com relatório da Miami Association of Realtors.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).