Por dentro do Le Meurice Alain Ducasse

Só o ambiente do restaurante Alain Ducasse, duas estrelas Michelin, no interior do Hotel Le Meurice, em Paris, já surpreende. O arquiteto Philippe Stark, nome por trás do projeto, inspirou-se no Salão de La Paix, do Palácio de Versalhes, e incorporou lustres de cristais, espelhos antigos, bronze, detalhes de mármore e pinturas antigas ao ambiente. Para completar, amplas janelas dão vista para o Jardim de Tuileries, que, no verão, torna-se ainda mais colorido e atraente.

LEIA MAIS: mantes da gastronomia ganham nova opção de hotel em Paris

A cozinha também é especial. O famoso chef e empreendedor busca resgatar a essência dos alimentos, de forma que sua gastronomia valorize e realce o sabor natural dos ingredientes, respeitando a sazonalidade e uma cadeia de produção consciente. O conceito do local foi reformulado em 2013, quando Alain Ducasse se juntou ao chef executivo do restaurante, Jocelyn Herland, e propôs a nova “filosofia”.

A cada estação do ano, o restaurante propõe, além do menu convencional, o “Collection Menu”, uma sequência de entrada, três pratos principais e queijos ou sobremesa – na França é um hábito comum apreciar variedades de queijos no lugar de algo doce, ao preço de € 380. Para a primavera 2018, um dos pratos do menu é composto por lagostins crispy, erva-doce e limão. O local está aberto para café da manhã, almoço e jantar. É recomendado o uso de paletó para os homens.

Confira detalhes do Le Meurice Alain Ducasse na galeria de fotos:

  • Decoração é inspirada no Palácio de Versalhes

  • Prato com lagosta, do menu do Le Meurice Alain Ducasse

  • Detalhes do Le Meurice Alain Ducasse

  • Sobremesa assinatura do chef Cédric Grolet

Decoração é inspirada no Palácio de Versalhes

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).