Geral

Líderes mulheres trazem resultados financeiros melhores para a empresa

As empresas com melhor desempenho financeiro são aquelas que têm mulheres em cargos de liderança, de acordo com um novo estudo conduzido pela DDI e The Conference Board. 20% das empresas bem sucedidas, 27% têm líderes do sexo feminino.

O estudo da DDI se diferencia de qualquer outro já divulgado antes. Enquanto a maioria foca na liderança das mulheres no topo da pirâmide corporativa, a DDI olhou para mulheres líderes em toda a estrutura organizacional das empresas.

Em uma companhia de seguros, isso pode significar um chefe que lidera um time de 15 pessoas, explica o vice-presidente da DDI, Rich Wellins. O estudo também analisa uma enorme amostra de 13.000 líderes e 1.500 executivas de recursos humanos em 2.000 empresas diferentes em 48 países. No geral, apenas 28% das empresas têm gerentes mulheres.

Os países onde isso mais acontece é o Canadá, com 50%. Em seguida estão Filipinas e Estados Unidos, empatados com 41%. O pior país no ranking é o Japão com apenas 8% de mulheres na liderança, seguido pela Índia com 14%.

O estudo da DDI não é o primeiro a apontar que mulheres na liderança aumentam o desempenho financeiro das empresas. Em uma pesquisa feita pela Harvard Business Review por Jack Zenger e Joseph Folkman foram consultados 7.3000 líderes empresariais. Eles responderam perguntas para avaliar a eficácia de líderes homens e mulheres. Assim como o estudo da DDI, eles perceberam que as mulheres, em todos os níveis, foram classificadas pelos seus companheiros, chefes, subordinados, como melhores líderes globais que os homens.

Topo