Positivo tem prejuízo líquido de R$ 45,8 mi no 4º tri

O faturamento foi favorecido pelo forte avanço das vendas de PCs no Brasil

A fabricante brasileira de eletrônicos Positivo Tecnologia teve prejuízo líquido de R$ 45,8 milhões no quarto trimestre, depois de reconhecer despesas não recorrentes relativas a provisões e parcelamentos fiscais com a adesão ao Refis.

LEIA MAIS: 10 maiores bilionários da tecnologia em 2018

Em termos ajustados, o resultado líquido da companhia entre outubro e dezembro ficou negativo em R$ 1,3 milhão. No ano, a Positivo Tecnologia teve lucro líquido ajustado de R$ 4,4 milhões.

A receita líquida da empresa subiu 49,8% no quarto trimestre, para R$ 587,4 milhões, elevando o acumulado em 2017 a R$ 1,914 bilhão, alta de 9,6% ante 2016.

“O faturamento foi favorecido pelo forte avanço das vendas de PCs no Brasil, que totalizaram 264 mil unidades (aumento de 71,3%), com bons números da companhia nos mercados de varejo e de governo”, informou a Positivo em material de divulgação do balanço.

O resultado operacional da empresa medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado caiu 34,8% no último trimestre de 2017, para R$ 23,4 milhões.

VEJA TAMBÉM: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

A Positivo Tecnologia encerrou 2017 com uma dívida líquida de R$ 140,1 milhões, 36,4% menor em relação aos R$ 220,2 milhões apurados em dezembro de 2016. Com isso, a relação dívida líquida sobre Ebitda ajustado caiu a 1,1 vez, de 1,5 vez um ano atrás.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).