Intermédica define amanhã faixa de preço para IPO

A empresa e seu acionista controlador pretendem levantar entre R$ 1,8 bilhão e R$ 2,1 bilhões com o IPO.

A operadora de serviços de saúde Notre Dame Intermédica tem demanda suficiente para precificar sua oferta inicial de ações (IPO) ao redor do meio da faixa indicativa, afirmaram três fontes com conhecimento do assunto.

LEIA MAIS: Jeff Bezos, Warren Buffett e Jamie Dimon se unem para entrar no segmento de saúde

Em março, a Notre Dame Intermédica definiu a faixa de preço para o IPO entre R$ 14,50 e R$ 17,50 por ação. O preço será definido amanhã (19). A companhia não comentou o assunto.

A empresa e seu acionista controlador pretendem levantar entre R$ 1,8 bilhão e R$ 2,1 bilhões com o IPO.

Segundo uma das fontes, a R$ 16, ponto médio da faixa, a Intermédica tem uma demanda de 3,5 vezes a oferta de ações. Outra fonte comentou que há compradores para todos os preços na faixa indicativa.

A Intermédica será o primeiro IPO na B3 este ano, depois que quatro companhias – JHSF Malls, Algar Telecom, Ri Happy e Blau Farmacêutica – suspenderam planos de abertura de capital por causa da volatilidade do mercado.

Na semana que vem, três outras empresas devem precificar suas operações: Banco Intermedium, a fabricante de calçados Dass Nordeste e a operadora de planos de saúde Hapvida.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).