Neoenergia melhora oferta pela Eletropaulo

Empresa do grupo espanhol Iberdrola prevê pagar R$ 29,40 por ação

O conselho de administração da Neoenergia aprovou hoje (20) a realização de oferta pública voluntária concorrente para aquisição de ações da Eletropaulo, elevando a proposta de preço para R$ 29,40 por ação e acirrando a disputa pela distribuidora paulista.

LEIA MAIS: Disputa pela Eletropaulo fica cada vez mais acirrada

Em 17 de abril, a empresa controlada pelo grupo espanhol Iberdrola havia feito uma oferta de R$ 25,51 por ação da Eletropaulo anteriormente.

O objetivo da Neoenergia é comprar ações representativas de 50% do capital social da Eletropaulo mais uma ação até a totalidade das ações de emissão da empresa.

Estão na disputa pela Eletropaulo, além da Neoenergia, a italiana Enel e a Energisa.

Na véspera, a italiana Enel melhorou os termos de sua proposta para comprar a distribuidora de energia paulista, prevendo um aporte de ao menos R$ 1,5 bilhão na empresa em caso de sucesso no negócio, ante R$ 1 bilhão oferecidos em seu lance anterior.

No comunicado, a Enel manteve sua oferta de pagar R$ 28 por ação da Eletropaulo.

Além da Enel e da Neoenergia, a Energisa também já havia feito uma proposta pela Eletropaulo, mas inferior, de R$ 19,38 por papel.

A ação da Eletropaulo fechou hoje em leve alta, a R$ 28,95.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).