Receita da AccorHotels sobe no 1º tri

A cifra é 9,5% maior na comparação anual, excluindo aquisições e efeitos cambiais.

O AccorHotels, maior grupo hoteleiro da Europa, divulgou hoje (18) um aumento de 9,5% na receita do primeiro trimestre, impulsionado por negócios sólidos na Europa e na Ásia, enquanto o crescimento foi retomado no Brasil.

LEIA MAIS: 7 hotéis que farão todos os outros parecerem sem graça

A AccorHotels que conta com mais de 4 mil hotéis, desde o luxuoso Sofitel até a marca Ibis, disse que a receita do primeiro trimestre chegou a € 633 milhões (US$ 783,65 milhões).

A cifra é 9,5% maior na comparação anual, excluindo aquisições e efeitos cambiais.

A AccorHotels vem cortando custos, expandindo atuação no mercado de luxo e investindo em novas áreas, como serviços de concierge, para impulsionar o crescimento e combater os crescentes desafios impostos por empresas como o Airbnb e agências de viagens online.

No mês passado, a empresa concordou em vender 55% de seu negócio imobiliário AccorInvest para um grupo de investidores soberanos e institucionais.

A AccorHotels confirmou que o acordo deve ser fechado antes do final do segundo trimestre.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).