Santander Brasil anuncia lojas Agro no 2º semestre

Seis novas unidades serão instaladas em MS, TO, MG e PR

O Santander Brasil, maior banco estrangeiro no país, vai inaugurar pelo menos seis lojas voltadas exclusivamente ao agronegócio no segundo semestre deste ano, abrindo unidades pela primeira vez no Paraná, disse à Reuters ontem (24) o diretor de Agronegócios da instituição, Carlos Aguiar.

LEIA MAIS: Puxado pelo Brasil, lucro do Santander sobe 10% no 1º trimestre

As lojas Agro reforçam a expansão do Santander no segmento agrícola do Brasil, ao mesmo tempo em que o banco amplia a sua estratégia de um atendimento diferenciado ao agricultor para o Sul do país, região chave para o agronegócio nacional.

De acordo com Aguiar, as próximas seis lojas serão instaladas nos estados de Mato Grosso do Sul e Tocantins, cada um com uma unidade, e Mato Grosso e Paraná, sendo duas em cada – esses dois últimos são os principais produtores de grãos do país.

Aguiar não detalhou em quais municípios serão instaladas as novas lojas. Destacou ainda que, dependendo das condições do mercado, o total de lojas abertas no segundo semestre poderia subir para dez. “Vai depender da viabilidade, mas pode escorregar para dez, sim”, disse ele.

Com as inaugurações das seis lojas, o Santander Brasil passará a ter 22 unidades exclusivamente voltadas ao agronegócio, nas quais a estrutura de atendimento, em horários pré-agendados, é composta por um gerente geral e dois gerentes comerciais, sem a presença de caixas.

Atualmente, o Santander conta com as chamadas lojas Agro em Mato Grosso (5), Mato Grosso do Sul (3), Goiás (3), Pará (2), Maranhão (1), Minas Gerais (1) e Rondônia (1). As aberturas começaram no ano passado.

Em 2017, o Santander elevou sua carteira de crédito rural no país em 44%, chegando à quinta colocação entre os maiores provedores para o segmento do agronegócio.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).