UE investiga oferta da Apple por aplicativo Shazam

Preocupação é de que o acordo prejudique a concorrência e os fãs de música

As autoridades de defesa da concorrência da União Europeia abriram hoje (23) uma investigação sobre a proposta da Apple de aquisição do aplicativo britânico que identifica músicas Shazam, devido a preocupações que de que o acordo possa prejudicar a concorrência.

LEIA MAIS: Apple diz que todas as suas instalações agora são alimentadas por energia limpa

“Nossa investigação sobre a oferta da Apple visa garantir que os fãs de música continuem a desfrutar de ofertas atraentes de streaming de música e não tenham menos opções como resultado dessa proposta de fusão”, disse Margrethe Vestager, comissária europeia para competição, em comunicado.

A Comissão Europeia fixou o prazo de 4 de setembro para sua decisão.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).