Espólio de Michael Jackson processa ABC

Rede de televisão foi acusada de violação de direitos autorais

O espólio de Michael Jackson processou a rede de televisão ABC hoje (30), argumentando que um especial que o canal transmitiu na semana passada sobre os últimos dias do cantor utilizou suas músicas e clipes sem permissão.

LEIA MAIS: Mesmo morto, Michael Jackson ganhou US$ 8.561 por hora no último ano

O processo de violação de direitos autorais, que também indica a empresa matriz da ABC, a Walt Disney Co, como ré, foi apresentado no tribunal federal de Los Angeles e tem como alvo o programa de duas horas “The Last Days of Michael Jackson”, que foi ao ar em 24 de maio.

O processo busca danos não especificados.

“Assim como a Disney, a força vital do negócio do espólio é sua propriedade intelectual”, diz a reclamação. “No entanto, por algum motivo, a Disney decidiu que poderia usar a propriedade intelectual mais valiosa do espólio de graça.”

Representantes da ABC e da Disney não responderam imediatamente a um pedido de entrevista.

Michael Jackson, conhecido como o Rei do Pop, morreu em 2009 de uma overdose de remédios aos 50 anos.

LEIA MAIS: Sony vai comprar a metade de Michael Jackson da Sony/ATV por US$ 750 milhões

O espólio apresentou objeções ao programa antes dele ter ido ao ar na semana passada.

Segundo o processo, um advogado da Disney disse ao espólio que o uso especial de músicas sob direitos autorais era “uso justo” em razão de sua natureza documental, um argumento que o espólio chamou de “absurdo”.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).