Índices avançam após acordo da Nestlé com Starbucks

Gigante suíça vai vender produtos da cadeia de cafeterias norte-americana

Os mercados acionários europeus avançaram hoje (7) impulsionados por resultados corporativos e ganhos da Nestlé depois que a gigante suíça de alimentos firmou um acordo com a Starbucks.

LEIA MAIS: Nestlé pagará US$ 7,15 bi por aliança com a Starbucks

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,59%, a 1.528 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,64%, a 390 pontos.

Um euro fraco, que tipicamente dá um impulso contábil a companhias que vendem produtos ou serviços em dólares, também contribuiu para elevar o índice pan-europeu. Os mercados em Londres estavam fechados por conta de um feriado.

A Nestlé subiu 1,57% depois de concordar pagar US$ 7,15 bilhões como parte de uma aliança global de café na qual o grupo de alimentos receberá os direitos de comercialização dos produtos da Starbucks em todo o mundo fora das lojas da empresa norte-americana de café.

“À primeira vista, o acordo parece estrategicamente importante, também porque a Nestlé está avançando em um das categorias de crescimento mais importante”, disseram analistas do ZKB em nota.

As ações da Air France caíram 9,83%, para o menor patamar em um ano, depois que seu presidente-executivo, Jean-Marc Janaillac, disse na sexta-feira (4) que renunciaria depois que seus funcionários rejeitaram uma proposta de aumento, mergulhando a companhia em uma crise em meio a uma onda de greves que custou à companhia € 300 milhões.

LEIA MAIS: Nestlé promete tornar todas as suas embalagens recicláveis até 2025

Em Londres, o índice Financial Times não teve operações. Em Frankfurt, o índice DAX subiu 1%, a 12.948 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,28%, a 5.531 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,86%, a 24.544 pontos. Já em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,36%, a 1.140 pontos. E, em Lisboa, índice PSI20 valorizou-se 0,73%, a 5.527 pontos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).