Lojas Americanas reverte prejuízo no primeiro trimestre

iStock
A receita líquida consolidada da lojas Americanas subiu 17,5%, para R$ 4,02 bilhões

A Lojas Americanas informou ontem (10) que teve lucro líquido de R$ 20 milhões no primeiro trimestre, revertendo prejuízo de R$ 133 milhões no mesmo período de 2017.

LEIA MAIS: Lojas Americanas planeja abrir cerca de 200 lojas em 2018

Os resultados da Lojas Americanas no primeiro trimestre foram influenciados positivamente pelo efeito calendário, com as vendas referentes à Páscoa concentradas no período.

A companhia apurou geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de R$ 523 milhões de janeiro a março, avanço de 36,7% na comparação anual. A margem Ebitda ajustada subiu 1,8 ponto percentual na mesma base de comparação, para 13%, movimento influenciado pelo crescimento da operação de marketplace da B2W.

A receita líquida consolidada subiu 17,5%, para R$ 4,02 bilhões. Apenas a controladora registrou aumento de 29,6% nesta linha, chegando a R$ 2,57 bilhões.

De janeiro a março, a Lojas Americanas inaugurou 14 novas lojas e possui 130 lojas contratadas. Para o ano, a empresa mantém o objetivo de inaugurar 200 novas lojas.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).