MRV tem alta de 22% no lucro do 1º trimestre

iStock
A construtora especializada em imóveis econômicos anunciou que teve lucro líquido de R$ 160 milhões no 1º trimestre

A MRV teve robusto crescimento do lucro no primeiro trimestre, refletindo o aumento das vendas, a queda das despesas operacionais e a contínua redução das perdas com distratos.

VEJA TAMBÉM: Conheça os jovens sucessores em empresas familiares

A construtora especializada em imóveis econômicos anunciou ontem (7) que teve lucro líquido de R$ 160 milhões no período, 22,3% a mais do que um ano antes.

O resultado veio na esteira de um aumento de 21,2% da receita líquida, para de R$ 1,2 bilhão, reforçando a visão do mercado de resultados crescentes em 2018. Em abril, a MRV afirmara que suas vendas contratadas de janeiro a março tinham crescido 13,7% sobre um ano antes.

O resultado operacional da MRV medido pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no período avançou 44,1% ano a ano, para R$ 229 milhões. A margem Ebitda subiu 3 pontos percentuais, para 18,6%.

Em outra frente, a relação dos distratos sobre vendas caiu de 20,5 para 17,8%.

LEIA MAIS: MRV diz que vendas brutas em outubro e novembro atingiram 8.318 unidades

“Com a sequência da implementação da venda garantida o distrato manterá a trajetória de queda chegando próximo a zero nos próximos semestres”, afirmou a companhia no relatório.

A evolução das receitas cresceu mais rápido do que a linha de despesas. As administrativas cresceram 17,3%, para R$ 83 milhões. E a despesa comercial avançou 4,9%.

Já a redução do serviço da dívida em função da queda da Selic ajudou na conta financeira. A dívida líquida da MRV fechou março em R$ 350 milhões, 5,8% menor. A relação dívida líquida/Ebitda caiu de 0,55 para 0,36 vez.

A MRV afirmou que manterá ao longo de 2018 a estratégia de expansão do banco de terrenos, mas que neste ano o aumento será marginal. E o planejamento segue de lançamentos em 2018 superiores aos do ano passado.

E TAMBÉM: MRV vai ampliar investimento em terrenos

O co-presidente executivo da MRV Eduardo Fischer afirmou que a demanda por imóveis está crescendo e que os números operacionais da companhia vão continuar melhorando ao longo deste ano.

Segundo ele, a construtora vai aumentar significativamente o ritmo de lançamentos no segundo trimestre. A MRV tem meta de lançar 50 mil unidades em 2018, mas no primeiro trimestre foram pouco mais de 5 mil. Fischer afirmou que o primeiro trimestre historicamente é mais fraco em termos de lançamentos e manteve a expectativa de 50 mil este ano. “Em 2018, vamos chegar lá”, disse o executivo.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).