Multiplus: lucro cai, mas base de clientes aumenta

Resultado foi impactado pela queda dos juros e alta do dólar

A Multiplus viu seu lucro cair no primeiro trimestre, sob os efeitos conjuntos da queda do juro e da alta do dólar, embora a base de clientes tenha crescido, assim como o volume de acúmulo e de resgate de pontos.

LEIA MAIS: CEO da Multiplus ensina como viajar de graça todos os anos

O lucro líquido da Multiplus, de R$ 98,2 milhões de janeiro a março, foi 27% menor do que um ano antes.

No período, os pontos emitidos atingiram o recorde de 26,5 bilhões, avanço de 7,8% em 12 meses. O resgate de pontos subiu 15,9%, a 22,4 bilhões, também um recorde. No fim de março, a base de participantes atingiu 19,9 milhões de pessoas, aumento anual de 16,3%.

No entanto, o volume financeiro de pontos emitidos foi de R$ 640,7 milhões, queda de 3,4% ano a ano. E a receita líquida teve retração de 16,3%, para R$ 172,1 milhões.

Segundo o presidente-executivo da Multiplus, Roberto Medeiros, a queda no resultado refletiu em parte os efeitos da valorização do dólar frente ao real.

“Com o dólar mais alto, muitos clientes preferiram usar pontos para pagar passagens e reservas de hotel, em vez de dinheiro, e isso afetou nosso resultado”, disse Medeiros à Reuters.

LEIA MAIS: Multiplus faz acordo com Latam e começa internacionalização

Na segunda-feira (7), a rival Smiles divulgou que também teve queda da receita e do lucro no primeiro trimestre no comparativo anual. A piora refletiu entre outros itens o recuo na receita financeira, resultado da queda da Selic.

No caso da Multiplus, a receita financeira desabou 41,9% no primeiro trimestre, para R$ 25,2 milhões.

Por outro lado, assim como aconteceu com a Smiles, a taxa de breakage, que mede quanto dos pontos acumulados venceram sem terem sido resgatados pelos clientes, subiu de 16,8% para 17,6%. Na prática, o breakage representa um ganho fácil para a empresa de programa de fidelidade.

Segundo Medeiros, a conjuntura de juros mais baixos e dólar apreciado pode continuar a influenciar os resultados da Multiplus nos próximos trimestres.

Em contrapartida, a empresa deve ter resultados operacionais crescentes, uma vez que os frutos de parcerias internacionais passem a ampliar a base de clientes.

LEIA MAIS: Diretor comercial da Multiplus pede demissão

A Multiplus fechou em setembro acordo com a Latam por meio do qual passou a ser o programa exclusivo de milhagem da companhia aérea para América do Norte e Europa.

Além disso, a Multiplus estabeleceu um acordo para um cartão de crédito co-branded com o US Bank, nos Estados Unidos. Com isso, a empresa terá um acréscimo de 1 milhão de participantes à base de clientes. “Esse aumento deve começar a surtir efeito a partir dos resultados do terceiro trimestre”, disse Medeiros.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).